Dick York - Ator


 

 

Dick York nasceu como Richard Allen York no dia 4 de setembro de 1928, em Fort Wayne, Indiana e iniciou no rádio na década de 30 em Chicago. Participou de muitos shows para as redes locais incluindo Junior Junction (um programa infantil), Jack Armstrong: The All American Boy (1948) e That Brewster Boy

 

Dick York no filme My Sister Eileen

 

Logo após os estudos na St Paul University, transferiu-se para Nova Iorque em 1950 e começou a trabalhar no teatro e na televisão fazendo muitos shows ao vivo. Quando a televisão começou a tomar força como meio de comunicação, York iniciou uma rotina viajando quase que diariamente entre Nova Iorque e a Costa Ocidental dos Estados Unidos com seus espetáculos e em 1961, finalmente chegou a Hollywood.

 

York e Gene Kelly

 

Casou em 1951 com Joan Alt, uma atriz que trabalhava com ele numa rádio em Chicago. Quando eles se conheceram ele tinha 15 anos e ela 12. Joan abandonou a carreira após o casamento para se dedicar integralmente ao lar. Eles tiveram cinco filhos: 3 meninas e 2 meninos. Esse casamento durou toda sua vida.

 

David White e Dick York

 

Na Broadway trabalhou com o diretor Elia Kazan em Tea And Simpathy de 1953 e com isso foi indicado para o Actor Award pela New York Drama Critics. Ele também foi indicado para um Emmy em 1968 por Bewitched (A Feiticeira) pelo seus excelente desempenho como ator no papel principal numa Comedy Series (seriados de comédia). 

 

 

Entre seus filmes incluem-se My Sister Eileen (1955), Cowboy (1958), The Came to Cordura (1959) e Inherit the Wind (1960). York atuou em numerosas shows de televisão incluindo Playhouse 90, The Twilight Zone (em dois episódios), Alfred Hitchock Presents (interpretando um assassino contratado), Route 66, Thriller, Rawhide, Wagon Train, Goodyear Playhose, The U.S. Steel Hour, Father Knows Best e Kraft Theater. 

 

Maurice Evan - Agnes Moorehead - Dick York

 

Depois de sua saída de A Feiticeira, Dick começou a ter problemas financeiros. Entre 1975 e 76 estava completamente falido, ele e sua família mudaram-se para Michigam. York fez várias tentativas para voltar a televisão. Em 1978 participou dos seriados Fantasy Island (Ilha da Fantasia) e Simom & Simom.

 

 

Na metade dos anos 80 fez alguns espetáculos em escolas secundárias dos Estados Unidos, chamado Our Time. Depois de abandonar a vida artística e apesar de sua condição física, York ainda dedicou-se os seus últimos anos de sua vida em prol dos sem-lares e os menos afortunados. Dick York morreu no dia 20 de fevereiro de 1992, aos sessenta e três anos de idade de problemas respiratórios.

 

Vídeo

 

Retornar/Artigos