Outros -Focus - Banda Holanda de Rock  Progressivo - Parte 1


 

 

Focus é o nome de uma banda holandesa de rock progressivo que teve seu início por volta de 1969, fundada pelo organista e flautista de formação clássica Thijs van Leer e pelo guitarrista Jan Akkerman, o baixista Martin Dreden e pelo baterista Hans Cleuver, que conseguiram gravar o seu primeiro álbum “Focus Plays Focus”, também conhecido por “In And Out of Focus” em 1970, mas o disco não alcançou sucesso fora da Holanda. Pouco tempo depois Jan Akkerman deixou o grupo para forma outra juntamente com o baixista Cyril Havermans e Pierre van der Linden, e depois que Thijs van Leer também se juntou ao grupo, criando assim uma nova linha do Focus.

 

 

Em 1972, a banda atravessou as fronteiras holandesas ao lançar o álbum “Focus – Moving Waves” e se tornou um grupo de renome internacional fazendo sucesso com a música “Hocus Pocus”, que consistia de uma mistura de rock e clássico, e tendo como atração principal Thijs van Leer assobiando, fazendo vocais sem sentido, cantando em falsete e yodeling. O álbum contou com Jan Akkerman, Cyril Havermanns, Pierre van der Linden e Thijs van Leer. Pouco tempo depois Cyril Havermanns deixou o grupo para fazer uma carreira solo, lançando o álbum “Cyril”, em 1973, apoiado por três antigos companheiros da banda Focus.

 

 

Um ano mais tarde em 1973, chegava o álbum "Focus 3" e fazendo sucesso nas paradas musicais do mundo inteiro com a música “Sylvia”. Gravação contou com Jan Akkerman, Pierre van der Linden, Thijs van Leer e Bert Ruiter substituindo Cyril Havermanns. Ainda neste mesmo ano lançaram o álbum “Live at the Rainbow” contendo sucessos como “Hocus Pocus” e “Sylvia”, e o disco contou com a participação de Jan Akkerman, Bert Ruiter, Pierre van der Linden e Thijs van Leer.

 

 

Em 1974, foi a vez do álbum “Hamburger Concerto” que contou com Thijs van Leer, Bert Ruiter, Jan Akkerman e Colin Allen na bateria, substituindo o baterista Van der Linden que deixou o grupo um pouco antes da gravação deste álbum. Neste disco tentaram repetir o mesmo de “Hocus Pocus” com a música “Haren Scarem”, mas ela não foi tão bem sucedida e momentaneamente o grupo entrou em declínio. Apesar disso outros álbuns contendo músicas passadas foram lançados como o álbum “Masters of Rock 1971-1973” e “The Story of Focus”.

 

 

Em 1975, o grupo lançou o álbum “Mother Focus” com a participação de Jan Akkerman, Colin Allen, Bert Ruiter, Thijs van Leer e apresentando um segundo baterista David Kemper, assim como foram lançadas álbuns coletâneas como “Focus – Special Polydor” e “Dutch Masters 1969-1973”.

 

 

Um ano depois, em 1976, foi lançado o disco “Focus – Ship of Memories”, que contou com Bert Ruiter, David Kemper, Hans Cleuver, Jan Akkerman, Martin Dresden, Pierre van der Linden e Thijs van Leer. Pouco antes da turnê pelo Reino Unido para a divulgação do disco, Jan Akkerman deixou o grupo e acabou sendo substituído na última hora pelo guitarrista belga de jazz-fusion Philip Catherine.

 

 

Em 1978, lançaram o álbum “Focus com Proby” com a participação de Thijs van Leer, Bert Ruiter, além dos novos integrantes como Eef Albers, Philip Catherine, PJ Proby e Steve Smith. O disco recebeu críticas sombrias e não houve muito interesse por ela, após uma curta turnê. Um ano depois foi lançada uma coletânea denominada “Focus on Focus 1970-1978”, e também no início dos anos 80 algumas outras coletâneas foram lançadas como “House of the King” e “Greatest Hits of Focus”, ambas em 1984.

 

 

Após ficar um tempo sem gravar desde 1978, um novo álbum denominado “Focus – Jan Akkerman e Thijs van Leer” foi gravada em 1985, reunindo cerca de sete músicas, com a participação de Jan Akkerman, Thijs van Leer, Sergio Castilho, Tato Gómez, Ruud Jacobs, Ustad Zamir Ahmad Khan e Ed Starink, mas o álbum não foi um sucesso comercial. Depois disso praticamente não mais se ouviu falar do Focus. Ainda por volta de 1994, uma outra coletânea “Focus – Hocus Pocus” foi lançada em 1994.

 

 

Em 2001, Thijs van Leer reformulou toda a banda com a participação do guitarrista Jan Dumée, o baixista Bobby Jacobs e o baterista Bert Smaak e realizaram uma turnê em diversas partes do mundo, incluindo América Latina, Estados Unidos, Canadá, Japão e Reino Unido, e em 2002, lançaram o álbum “Focus 8”, com a participação de Jan Dumée, Bobby Jacobs, Thijs van Leer e Bert Smaak. Ainda em 2002, foi lançado o DVD “Máster frm the Vault”, entre outros nos anos seguintes.

 

 

Em 2006, foi lançado o último disco do grupo “Focus – Focus 9 / New Skin”, contendo 13 faixas, com a participação de Thijs van Leer, Pierre van der Linden, Bobby Jacobs e Niels van der Steenhoven. Em 2011, Niels van der Steenhoven deixou o grupo e em seu lugar foi anunciado o nome de Menno Gootjes, e há notícias que a banda está atualmente em estúdio preparando o novo disco “Focus 10”. É ver para crer.

 

Vídeo

Hocus Pocus

Partes:  01   |   02   |   Artigos