Gerry Anderson - Supermarionation - Parte 1


 

 

Gerry Anderson (Gerald Alexander Anderson) nasceu no dia 14 de abril de 1929, em Hampstead, Londres. Desde os tempos de escola sonhava em ser arquiteto, mas seu sonho teve vida muita curta, quando descobriu que era alérgico a gesso e então passou a trabalhar num estúdio fotográfico e sua paixão pelas fotos foi crescendo a tal ponto de querer fazer um filme.

 

 

Empregou-se então na Colonial Film Unit, uma filial do Ministério de Informação e iniciou sua carreira como aprendiz e aos poucos foi aprendendo um pouco de tudo sobre as filmagens, passando por vários setores, a tal ponto de conseguir um emprego na companhia produtora Gainsborough Pictures.

 

 

Anderson conseguiu participar pela primeira vez de uma filmagem em 1946, trabalhando como editor assistente para o diretor Arthur Crabtree e Harold Huth no filme "Caravan", um drama romântico interpretado por Stewart Granger e Jena Kent. Depois trabalhou em "Jassy and Snowbound" e em 1947 teve que parar para servir na National Service na RAF, onde ele trabalhou como telefonista de rádio.

 

 

Após o serviço militar, retomou sua carreira em 1949, e começou a trabalhar na Pinewood Studios, como editor de dublagem para os filmes "So Long at the Fair", "The Clouded Yellow and Anthon Havelock-Allen´s Never Take no for an Answer". Depois prosseguiu trabalhando no sul da Argélia nos filmes "Appointment in London", "They Who Dare" e "A Prize of Gold". 

 

 

Antes de Anderson deixar a companhia Pinewood, se juntou à Polytechnic Studios, onde ele dirigiu uma série de televisão chamada "You´ve Never Seen This". Depois em 1955 foi co-fundador de uma companhia de comerciais, a Pentagon Films, juntamente com os colegas da Polytechnic, Arthur Provis, Reg Hill e John Read. 

 

 

Toda essa aventura conduziu à formação da A.P. Films, mas como os trabalhos eram poucos, Anderson foi forçado a fazer trabalhos independentes para a televisão.

 

Partes:  01   |   02   |   03   |   04   |   05   |   06   |   07   |   Artigos