Outros -Homero Silva - Pioneiro da Televisão Brasileira


 

 

A televisão no Brasil tem somente um pouco mais de sessenta anos, e apesar de não tão velho assim, pouco são aqueles que se lembram do primeiro apresentador do primeiro programa da televisão brasileira. Seu nome Homero Silva, nascido em São Paulo, no bairro do Cambuci no dia 30 de janeiro de 1918, primeiro filho de descendentes italianos Eloi Domingues da Silva e de dona Candida, e tinha um irmão mais novo chamado Gilberto.

 

 

Assim como muitas famílias que moravam em São Paulo naquela época, eles eram também eram pobres e humildes, cujo pai trabalhava como fotógrafo para poder sustentar a casa.  Por volta de 1936, seu pai morreu, mas dona Candida conseguiu que os filhos entrassem na Faculdade de Direito do Largo São Francisco, em São Paulo. Gilberto se formou e seguiu a carreira jurídica, mas a vida de Homero mudou completamente depois de participar de um concurso de locução realizada pela Rádio Tupi de São Paulo.

 

Foto - Homero Silva no Clube do Papai Noel

 

Devido a sua voz marcante, bonita e muito tranquila passou  no teste e começou a fazer parte do elenco da emissora, onde chegou até ao cargo de diretor. Na rádio fez um grande sucesso com o programa "Clube do Papai Noel", que nada havia de relação ao Natal, e era um programa infantil em que diversas crianças apresentavam-se na tentativa de iniciar na carreira artística e nesse programa muita celebridades atualmente conhecido foram descobertas como Hebe Camargo, o maestro Erlon Chaves e a cantora Wilma Bentivegna, a atriz Vida Alves, entre muitos outros.

 

 

Foto - Homero Silva e Assis Chateaubriand

 

Homero vem de uma família muito religiosa e durante esse tempo de rádio conheceu uma bela moça chamada Yolanda que era Filha de Maria e ele um Congregado Mariano, assim depois de um breve namoro resolveram casar e dessa união nasceram seus dois filhos, Célia e Homero Silva Filho. No limiar da década de 50, Assis Chateaubriand um magnata das comunicações no Brasil, dono dos Diários Associados, um dos maiores conglomerados de mídia da América Latina, a qual a rádio Tupi fazia parte, resolveu viabilizar a televisão no Brasil, que foi inaugurado em 1950, dando inicio a TV Tupi de São Paulo, a primeira emissora brasileira de televisão da América Latina.

 

 

Quando a televisão começou a funcionar no Brasil, poucos eram aqueles que sabiam lidar com essa nova tecnologia, assim sendo várias pessoas entre artistas e técnicos foram transferidos do rádio para a nova televisão, e Homero Silva estava entre eles. O primeiro programa da televisão brasileira ocorreu no dia 18 de setembro de 1950 e foi chamada de "TV na Taba", sob a direção de Cassiano Gabus Mendes e apresentado por Homero Silva. O programa contou com a participação de Lima Duarte, Hebe Camargo, Mazzaropi, Ciccilo, Lia Aguiar, Vadeco, Ivon Cury, Lolita Rodrigues, Wilma Bentivegna, Aurélio Campo, o jogador Baltazar e a orquestra de George Henri.

 

Foto - Sonia Maria Dorse

 

No ano seguinte, Homero Silva passou a comandar o programa "Clube do Papai Noel" na televisão, programa esse que ele já havia realizado na Rádio Tupi com grande sucesso, agora apresentando ao lado de Sonia Maria Dorse que na época ainda era uma criança de apenas cinco anos de idade, filha do maestro Francisco Dorse, e o programa exibia números de malabarismo, humor e cantores mirins, entre outros.

 

Foto - Airton e Lolita Rodrigues

 

Homero também comandou outros programas como "Ponta de Lança", "Boa Noite Amigos" e o conhecido  "Clube dos Artistas", que foi inicialmente apresentado por Homero, divulgando as artes plásticas, assim como reunindo intelectuais e artistas da cidade. Mais tarde o programa passou a ser apresentado pelo casal Airton e Lolila Rodrigues até a década de 80.

 

Foto - Homero Silva na cobertura da inauguração da 1ª FACISB

 

Além da vida artística, Homero Silva também passou a interessar pela política e conseguiu se eleger vereador na cidade de São Paulo, por duas gestões. Também foi deputado por dois mandados e candidato a prefeito, mas perdeu por 50 votos, o que virou uma grande polêmica na época. Atuou como Presidente da Fundação Padre Anchieta e diretor da Rádio Cultura, além de  professor em Direito Constitucional na Faculdade Metropolitanas Unidas e na Faculdade de Bragança Paulista, assim como foi o criador da "Campanha do Natal da Criança Pobre" que aconteceu por vários anos consecutivos na capital paulista.

 

 

Homero Silva morreu em São Paulo, no dia 19 de setembro de 1981, aos 63 anos de idade, confortado por Marinha, sua segunda esposa, com quem teve a filha Silvana, que se tornou uma médica. O enterro foi acompanhado por um grande número de pessoas, fãs, amigos, artistas, entre muitos outros, que o admiravam pela sua postura de homem honesto,  respeitado e admirado por todos, e pela sua importância na história do rádio e televisão.

 

Principais Fontes Bibliográficas

 

http://biografias.netsaber.com.br/ver_biografia_c_4480.html

http://memorialdafama.com/biografia/EI/HomeroSilva.html

http://www.museudatv.com.br/biografias/Homero%20Silva.htm

http://www.tudosobretv.com.br/histortv/tv50.htm

http://redetupitv/blogspot.com/

 

Retornar/Artigos