Outros - Humphrey Bogart - Ator Americano


 

 

O ator Humphrey Bogart pode ser considerado como uma das maiores estrelas masculinas de Hollywood de todos os tempos do cinema americano, e um ícone cultural. Nasceu como Humphrey DeForest Bogart, em New York City, Estados Unidos, no dia 25 de dezembro de 1899, apesar desta data ser bastante contraditória, filho mais velho de Belmont DeForest Borgart, um cirurgião cardio-respiratória e de Maud Humphrey, uma ilustradora comercial que possuíam um bom padrão de vida e por causa disso Humphrey estudou em boas escolas particulares.

 

 

Mais tarde entrou para a escola preparatória Phillips Academy, em Massachusets, mas em 1918 acabou sendo expulso, provavelmente por fumar, beber e baixo rendimento escolar. Depois alistou na Marinha dos Estados Unidos, onde passou a se adequar melhor e foi durante esta passagem que ele supostamente ele adquiriu a sua cicatriz, que é uma outra história cercada de diversas controvérsias e versões.

 

 

 Após o serviço naval, Bogart trabalhou como carregador e vendedor de títulos, e através da influência de seus pais, que tinha conexões com o show business arrumou um emprego para trabalhar com William A. Brady Sr. na nova companhia World Films, e durante esse tempo tentou desempenhar função de roteirista, direção e produção, mas não conseguiu destaque em nenhum deles, até que em 1921, Bogart fez sua estréia nos palcos na peça “Dritting” interpretando um mordomo japonês.

 

 

Depois fez outras aparições em peças subseqüentes, onde passou a gostar do ambiente, dos atores, assim como desenvolver seu gosto em freqüentar bares clandestinos, e tornar-se um grande beberrão. Apesar de nunca ter tido aulas de interpretação, começou a se sair muito bem e durante o período compreendido entre 1922 a 1935, trabalhou em torno de 17 produções da Broadway.

 

Foto - Helen Menken

 

Foto - Mary Philips

 

Durante o início de sua carreira conheceu a atriz Helen Menken com quem se casou em 20 de maio de 1926, em Nova Iorque e se divorciaram pouco tempo depois em 18 de novembro de 1927, mas continuaram amigos. Alguns meses depois, em 3 de abril de 1928, casou novamente com a atriz Mary Philips, casamento esse que durou até 1937, quando se divorciaram. Por volta de 1928, começou a fazer as suas primeiras aparições no cinema, alguns anos depois conseguiu assinar um contrato com Fox Film Corporation, onde se tornou amigo pessoal e admirador do ator Spencer Tracy, e eles se tornaram companheiros de bebedeira.

 

 

Provavelmente foi por essa mesma época que Tracy passou a chamá-lo de “Bogey” ou “Bogie”, apelido que ele gostava de ser chamado. Começou a atuar em alguns filmes, mas entre 1930 a 1935, e também passava longos períodos sem trabalho. Bogart começou a se tornar um nome um pouco mais conhecido e elogiado pela crítica ao participar do filme “The Petrified Forest” de 1936, sob direção de Archie Mayo e atuando ao lado de Leslie Howard, Bette Davis e Genevieve Tobin, entre outros.

 

Foto - Bogart e Mayo Methot

 

 

Em 1938, casou pela terceira vez com a atriz Mayo Methot, casamento esse muito conturbado e desastroso que durou até 1945, quando eles se divorciaram. Entre 1936 a 1940, trabalhou para a Warner que nunca lhe deu bons papéis, mas nunca recusava para não ser dispensado e em vários filmes trabalhou como ator coadjuvante ou secundário, e em quase todos os filmes ele acabava morrendo. Em 1941, sua vida artística começou a mudar quando atuou como protagonista em “High Sierra”, sob direção de Raoul Walsh e ao lado de John Huston como co-roteirista do filme e nas horas de folga seu parceiro de farra.

 

 

Pouco tempo depois e nesse mesmo ano, protagonizou o filme “The Maltese Falcon” agora sob a direção de seu amigo e companheiro John Huston, que foi indicado para três Oscar e considerado por muitos autores como uma dos maiores filmes de todos os tempos, e em 1989, escolhido para ser incluído no Registro Nacional de Filmes da Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos.

 

 

Logo em seguida, Bogart foi novamente convidado a protagonizar o filme “Casablanca”, sob direção de Michael Curtiz, que narra um drama romântico na cidade marroquina de Casablanca sob controle da França. O filme também contou com Ingrid Bergman, Paul Henreid e Peter Lorre, entre outros, e foi indicado para vários Oscar e venceu na categoria de Melhor Filme, Melhor Diretor e Melhor Roteiro Adaptado. Em 1989, o filme foi selecionado para sua preservação no Registro Nacional de Filmes dos Estados Unidos, como sendo “culturalmente, historicamente ou esteticamente significativo”, assim como considerado entre os 100 melhores filmes de todos os tempos, por diversas entidades.

 

Foto - Bogart e Bacall

 

Em 1944, enquanto filmava “To Have and Have Not”, também conhecido no Brasil como Uma Aventura em Martinica ele conheceu a jovem atriz Lauren Bacall, com se casaria em 1945 e com quem permaneceria até a sua morte. Eles tiveram o filho Stephen que nasceu em 1949 e depois uma menina chamada Leslie que nasceu em 1952, os dois únicos filhos de Bogart.

 

 

Na década de 40, Bogart fez diversos filmes e no ano de 1951, contracenou com Katherine Hepburn no memorável filme “The African Queen” ou Uma Aventura na África, sob direção de John Huston, narrando a história que acontece no início da Primeira Guerra Mundial na África, onde o aventureiro canadense Charlie Alinut, interpretado por Bogart, dono de um pequeno barco é convencido pela inglesa Rose Sayer, protagonizada por Katherine Hepburn, a descer com seu barco o Rio Congo cheio de corredeiras e outros perigos.

 

 

O último trabalho no cinema de Bogart foi em “The Harder They Fall” em 1956, sob direção de Mark Robson, narrando o dramático submundo do boxe, onde um ex-jornalista esportivo tem de repensar seus valores diante da crueldade de empresários gananciosos e outros especuladores imorais. Depois das filmagens, neste mesmo ano, passou por uma cirurgia para a retirada do esôfago e dois linfomas, pois fumava e bebida demais e acabou por falecer no dia 14 de janeiro de 1957, aos 57 anos de idade.

 

 

Em seu enterro, alguns dos maiores astros de Hollywood estiveram presentes, como Katharine Hepburn, Spencer Tracy, David Niven, Ronald Regan e Marlene Dietrich, entre diversos outros. Entre os diversos prêmios e homenagens que Humphrey Bogart recebeu, podemos citar um Oscar como Melhor Ator por sua atuação em “The African Queen” e uma homenagem póstuma em 1960, quando ele recebeu uma estrela na Hollywood Walk of Fame, e em 1997, o United States Postal Service honrou Bogart com um selo com sua imagem, entre outros.

 

 

Filmografia Parcial

 

A Trágica Farsa - 1956

Horas de Desespero - 1955

Do Destino Ninguém Foge - 1955

Veneno de Cobra - 1955

Nasce uma Estrela - 1954

A Condessa Descalça - 1954

Sabrina - 1954

O Diabo Riu por Último - 1953

Camp de Batalha - 1953

A Hora da Vingança - 1952

Uma Aventura na África - 1951

Sirocco - 1951

No Silêncio da Noite - 1950

A Morte Não é o Fim - 1950

Tóquio Joe - 1949

O Crime não Compensa - 1949

Paixões em Fúria - 1948

O Tesouro de Sierra Madre - 1948

Prisioneiro de Passado - 1947

Inspiração Trágica - 1947

Confissão - 1947

À Beira do Abismo - 1946

Conflitos d´Alma - 1945

Hollywood Canteen - 1944

Uma Aventura na Martinica - 1944

Passagem para Marselha - 1944

Thank your Lucky Stars - 1943

Sahara - 1943

Comboi para o Leste - 1943

Casablanca - 1942

Across the Pacific - 1942

Balas contra a Gestapo - 1941

Relíquia Macabra - 1941

Tragédia no Circo - 1941

Seu Último Refúgio - 1941

Dentro da Noite - 1940

Irmão Orquídea - 1940

Caravana de Ouro - 1940

Invisible Stripes - 1939

A Volta do Doutor X - 1939

Heróis Esquecidos - 1939

Vitória Amarga - 1939

The Oklahoma Kid - 1939

King of the Underworld - 1939

O Gênio do Crime - 1938

Vítimas do Terror - 1938

Os Homens são uns Trouxas - 1938

Assim é Hollywood - 1937

Beco sem Saída - 1937

Talhado para Campeão - 1937

Mulher Marcada - 1937

Legião Negra - 1936

Isle of Fury - 1936

Balas ou Votos - 1936

A Floresta Petrificada - 1936

Midnight - 1934

Três ainda é Bom - 1932

Love Affari - 1932

A Holy Terror - 1931

A Irmã Má - 1931

Body and Soul - 1931

A Devil with Women - 1930

Up the River - 1930

Broadway´s Like That - 1930

The Dancing Town - 1928

 

Vídeo

Principais Fontes Bibliográficas

 

http://pt.wikipedia.org/wiki/Humphrey_Bogart

http://en.wikipedia.org/wiki/Humphrey_Bogart

http://www.imdb.com/name/nm0000007/

http://www.humphreybogart.com/

 

Retornar/Artigos