tvsinopse.

kinghost.net

 







 


Os Incríveis - Grupo de Rock


 

 

Os Incríveis é o nome de uma banda brasileira de rock pop, que fizeram muito sucesso principalmente nas décadas de 60 e 70, e participaram ativamente do movimento da Jovem Guarda e teve seu início bem antes, no começo dos anos 60, quando alguns jovens da zona sul da capital de São Paulo, resolveram criar um conjunto e batizaram com o nome de Les Celibateurs formado por Reno na guitarra; Francis na guitarra solo; Ringo no teclado e saxofone; Tony no baixo e Betinho na bateria.

 

Foto - Antônio Aguilar

 

Formado o conjunto passaram a se apresentar dentro do programa “Ritmos para a Juventude”, programa exibido na extinta TV Paulista, Canal 5, e apresentado pelo animador Antonio Aguilar. Pouco tempo depois o apresentador passou a também empresariar o grupo e trocou o nome, que depois passaram a ter diversos nomes como The Clevers, Os Novos Clevers, The New Clevers, mas ficaram mais conhecidos como Os Clevers ou The Clevers.

 

 

O grupo passou por diversas modificações em seus integrantes e a formação mais famosa deles era composto por Mingo na guitarra e vocal; Neno no baixo; Netinho na bateira; Risonho na guitarra solo e Manito que tocava sax e diversos outros instrumentos. Depois Neno foi substituído por Nenê.

 

 

Sob o nome de The Clevers o grupo gravaram um disco em 78 rpm, através da gravadora Continental em agosto de 1953, contendo as músicas “Afrika” e “El Relicário”, que fez um grande sucesso. Nesse mesmo ano ainda, fizeram outras gravações em discos de 78 rmp e em outubro gravaram seu primeiro LP denominado “Twist”, contendo 12 faixas de diversas regravações de sucessos internacionais.

 

 

O último disco como The Clevers, com esta formação, foi lançada em abril de 1965, um compacto duplo contendo as músicas Jezebel, Lolita Ya Ya, Unchained Melody e Torido. Em 1964, o grupo ficou em bastante evidência quando a cantora internacional Rita Pavone veio fazer algumas apresentações no Brasil, pela TV Record, Canal 7, de São Paulo.

 

 

Nessa época, os noticiários falavam de um namoro entre o baterista Netinho com a cantora Rita Pavone, que deu o que falar. No fim de 1964, começaram os desentendimentos com o radialista e empresário musical Antonio Aguilar, que detinha os direitos sobre o nome The Clevers.

 

 

O grupo ainda tentou um acordo para a compra desses direitos, mas não deu resultado, assim passaram a adotar e se apresentarem com o nome de Os Incríveis, e em maio de 1965, gravara um compacto simples, pela gravadora Continental com as músicas Cavalgada e La Yenda.

 

 

Em abril de 1966, Os Incríveis gravaram o primeiro LP com o novo nome contendo 12 faixas, com vários sucessos. Segundo as fontes encontradas, Os Incríveis gravaram até por volta de 1982, com algumas alterações nos integrantes do grupo, que ora se reuniam e logo depois desapareciam. Em setembro de 1973, por exemplo, é lançado um disco dos Os Incríveis denominado Mingo, Nenê e Risonho, sem a presença dos outros integrantes.

 

 

Por volta de 1974, Manito deixou Os Incríveis e juntamente com Pedrinho, Pedrão, Marcinha, Egidio, Dino Vicente e Rangel fundaram o grupo, de curta duração, denominado “O Som Nosso de Cada Dia”, um conjunto dentro da linha do rock progressivo, um ritmo que fazia muito sucesso naquela época, e lançaram o LP chamado “Snegs” contendo 7 faixas. Depois em 1977, o disco "O Som Nosso".

 

 

Ainda neste mesmo ano, o baterista Netinho de Os Incríveis deixa o grupo e juntamente como Aroldo, Pisca, Carlos Geraldo Carge e Pique fundaram o grupo “Casa das Máquinas”, um conjunto com o mesmo estilo de Os Incríveis, dentro da linha do hard rock. A Casa das Máquinas durou até 1978 e retornou novamente em dezembro de 2003, com o Netinho remontando a banda com novos integrantes e assim permanecia até fechamento desta matéria em outubro de 2010.

 

Foto - Nenê - Risonho e Mingo à direita

 

Apesar do grupo Os Incríveis ter praticamente encerrado suas atividades nos finais dos anos 70, ainda de tempos em tempos ocorreram reuniões esporádicas dos antigos membros e mesmo mais recentemente ainda escutamos, de vez por outra, apresentações de Os Incríveis, evidentemente já com uma formação completamente diferente. Também The Clevers, tempos depois voltaram a atividade com outras formações e até os dias atuais também ouvimos falar em suas apresentações. Mingo, que era o vocalista de Os Incríveis faleceu no dia 15 de junho de 1995, aos 52 anos de idade.

 

Os Incríveis – Integrantes

 

 

Domingos Orlando – Mingo – vocalista e guitarrista

Waldemar Mozema – Risonho – guitarra solo

Antônio Rosas Siexas – Manito – teclados, vocal, sax, entre outros

Luiz Franco Thomaz – Netinho – bateria

Demerval Teixeira Rodrigues – Neno – baixo

Livio Benvenuti Júnior – Nenê – baixo

 

 

Discografia - Os Incríveis

 

Os Incríveis - 1965 - 3 compactos

Os Incríveis - 1966 - LP

Os Incríveis - 1967 - 3 compactos

Os Incríveis Neste Mundo Louco - 1967 - compacto

Os Incríveis Neste Mundo Louco - 1967 - LP

Para os Jovens que Amam os Beatles, ....e Os Incríveis - 1967 - LP

Os Incríveis - 1968 - 4 compactos

Os Incríveis no Japão - 1968 - compacto

Os Incríveis Internacionais - 1968 - LP

Os Incríveis - 1969 - 2 compactos

Os Incríveis - 1969 - LP

Os Incríveis - 1970 - 4 compactos

Os Incríveis - 1970 - compacto - em espanhol

Os Incríveis - 1970 - compacto - promocional

Os Incríveis - 1971 - 3 compactos

Os Incríveis - 1971 - LP

Os Incríveis - 1971 - compacto promocional

Os Incríveis - 1972

Os Incríveis - 1973 - 2 compactos

Os Incríveis - 1974 - 1 compacto

Os Incríveis - 1975 - 4 compactos

Isso é a Felicidade - 1975 - LP

Os Incríveis - 1976 - 3 compactos

Os Incríveis - 1977 - 2 compactos

Os Incríveis - 1978 - 1 compacto

Os Incríveis - 1979 - 2 compactos

Os Sucesso da Parada - 1979 - LP

Os Incríveis - 1981 - LP

Os Incríveis - 1982 - 1 compacto

 

 

Nenê - 1978 - 2 compactos solos

Netinho - 1980 - LP solo

Mingo, Nenê e Risonho - 1973 - compacto

Netinho - Projeto Amor e Caridade - vol.2 - 1982 - LP

 

 

 

Discografia - O Som Nosso de Cada Dia

Snegs – 1974

Som Nosso - 1977

 

 

Discografia – Casa das Máquinas

Casa das Máquinas – 1974

Lar das Maravilhas – 1975

Casa do Rock – 1976

Ao Vivo em Santos – 1978

Pérolas – 2000 (coletânia)

Ensaio 2007 – 2008 (edição limitada)

 

 

Discografia - The Clevers

 

The Clevers - 1963 - 78 rpm

The Clevers - 1963 - 78 rpm

The Clevers - 1963 - 78 rpm

Encontro com The Clevers - Twist - 1963 - LP

The Clevers - 1964 - 78 rpm

The Clevers - 1964 - 78 rpm

Os Incriveis The Clevers - 1964 - LP

The Clevers - 1964 - 78 rpm

Mingo & The Clevers - 1964 - 78 rpm

Veneno - 1964 - compacto

The Clevers - 1964 - compacto

Os Incriveis The Clevers, Vol. 2 - 1964 - LP

The Clevers Internacional - 1964 - compacto

The Clevers - 1965 - compacto

Dançando com The Clevers - 1965 - LP

The Clevers - 1965 - compacto

The Clevers - 1965 - compacto

The Clevers - 1965 - compacto

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Escolha e clique sobre a música desejada

 

O Som Nosso de Cada Dia

 

 

Casa das Máquinas

 

 

Os Incríveis

 

 

Vídeo

 

Principais Fontes Bibliográficas

 

http://www.jovemguarda.com.br/entrevista-incríveis.php

http://pt.wikipedia.org/wiki/Os_Incríveis

http://www.dicionariompb.com.br/os-incríveis

http://www.freakium.com/edicao5_incrívies.htm

http://www.allbrazilianmusic.com/artistas/ver/incríveis-os

 

Todos os arquivos sonoros desta página podem ser encontradas no site:

http://www.4shared.com/

As músicas foram transformadas em arquivos wav de baixa qualidade

para servir apenas como ilustração ao texto.

As mesmas continuam a pertencer aos seus legítimos proprietários.

Não estamos autorizados a promover downloads ou coisas semelhantes.

Solicitamos a gentileza de utilizá-los com bom senso.

Grato

 

Retornar/Artigos

 

 


 



 

tvsinopse.

kinghost.net