Johnny Weissmuller - Ator - Atleta


 

 

 

Johnny Weissmuller nasceu em 2 de junho de 1904, como János WeiBmüller, em Timisoara, na Romênia e sua família emigrou para os Estados Unidos quando Johnny tinha apenas sete meses de idade. Perdeu seu pai ainda garoto, mas desde criança demonstrou uma grande aptidão para os esportes e com a ajuda de um sócio do Clube Atlético de Illinois, ingressa no clube e começa a praticar natação.

 

 

Em 1922 vai para o Havaí participar de um campeonato de natação e depois ao Japão. Nos Jogos Olímpicos de 1924 e 1928, Johnny estabeleceu 67 recordes mundiais de natação, além de ganhar 52 campeonatos nacionais, sendo considerado um dos melhores nadadores de todos os tempos.

 

 

No início da década de 30 foi convidado para atuar no cinema, onde imortalizou o personagem Tarzan, bem como transformou o herói da selva, já conhecido através dos romances de Burroughs, mundialmente famoso. No cinema interpretou Tarzan em 12 filmes e também marcou o personagem com o famoso grito estilizado.

 

 

Depois de encerrar a carreira como Tarzan, passou a interpretar o personagem Jim das Selvas entre 1948 a 1955, incluindo cinema e televisão. Depois ainda atuou em pequenos papéis em alguns filmes. No final da década de 50 mudou-se para Chicago, onde se envolveu em vários empreendimentos sem sucesso.

 

 

Sua última participação num filme ocorreu em 1976, no filme “Won Ton Ton, The Dog Who Saved Hollywood”, interpretando um operário de um cinema. Johnny Weissmuller foi casado por diversas vezes. São elas: Camille Louier, Bobbe Arnst, Lupe Vélez, Beryel Scott, Allen Gates e Maria Bauman, com quem viveu até a sua morte. Johnny Weissmuller morreu no dia 20 de janeiro de 1984, de um edema pulmonar em Acapulco, México, onde vivia com a sua esposa há sete anos para se tratar de uma trombose.

 

Vídeo

 

Retornar/Artigos