007 - James Bond - Obra de Ian Fleming


 

 

Há muitos anos, 007 era apenas um número qualquer perdido entre seus outros milhares e infinitos, mas a partir da metade do século XX se tornou uma referência de cultura popular advindo de um código do agente secreto fictício James Bond do Serviço Secreto Britânico, a serviço de sua majestade, criado pelo escritor Ian Fleming em 1953, que se caracterizou por doze livros e duas coletâneas de contos. Depois da morte de Fleming, outros autores seis escritores foram autorizados a continuarem a escrever as aventuras de James Bond.

 

 

Ian Fleming nasceu como Ian Lancaster Fleming em 28 de maio de 1908, em Mayfair, Londres, na Inglaterra e tornou-se um dos mais conhecidos autores britânico, e também trabalhou como jornalista e como Diretor de Inteligência Naval. Fleming era de origem abastada e sua família era ligada ao banco Robert Fleming & Co. e foi educado na Royal Military Academy, em Sandhurst, e também freqüentou as universidades de Munique e Genebra, e antes de começar a escrever exerceu diversas outras funções.

 

 

Seus livros narrando às aventuras do agente secreto James Bond estão entre os livros de ficção mais vendidos de todos os tempos, mas também escreveu histórias para crianças como "Chitty Chitty Bang Bang" e outras duas obras de não ficção. Trabalhou durante a Segunda Guerra Mundial para a Inteligência Naval Britânica, onde esteve envolvido na fase de planejamento de missões importantes, assim como supervisionou duas unidades, que permitiram adquirir um vasto conhecimento sobre a guerra e seus entraves, e que ele acabou por utilizá-la nos romances de Bond e como jornalista.

 

 

Fleming se casou com Anne Charteris em 1952, e assim permaneceu até a sua morte em 12 de agosto de 1964, aos 56 anos de idade de um ataque cardíaco, em Kent, na Inglaterra. James Bond era a figura central das obras de Fleming, um oficial que trabalhava para o Serviço Secreto de Inteligência, conhecido também por MI6 e pelo seu número de código, 007, e era um comandante de reserva da Royal Naval, herói esse que passou a ficar internacionalmente conhecido principalmente após sua adaptação ao cinema, mas também chegou a televisão, histórias em quadrinhos, rádio e vídeo game.

 

 

No cinema suas primeiras aventuras datam de 1962, com o filme "Dr. No", em 1962, estrelado por Sean Connery, sob a direção de Terence Young e produzidos por Harry Saltzman e Albert R. Broccolli, uma parceria que continuou até 1975. Neste filme, James Bond é enviado para Jamaica numa investigação sobre a morte de um colega britânico, que o leva até a base subterrânea do Dr. Julius No, que está tramando interromper o lançamento de uma nave espacial americana com uma arma de feixe de rádio.

 

 

Muitos aspectos icônicos do personagem ficaram estabelecidos com este filme, assim como outras características, incluindo o acompanhamento musical, além de outros elementos importantes que passaram a fazer parte da maioria dos filmes incluindo os carros utilizados por James Bond, de suas armas e outras quinquilharias que são fornecidas por Q Branch ou simplesmente Q. Entre alguns dos fatores marcantes do personagem estão o seu carisma e seu charme, dos mirabolantes vilões, os gadgets mortais e de alta tecnologia, as suas canções-tema e naturalmente as suas maravilhosas bond-girls.

 

 

Desde que o personagem de James Bond chegou ao cinema ele já foi interpretado por diversos atores como Sean Connery, George Lazenby, Roger Moore, Timothy Dalton, Pierce Brosnan e o mais recente Daniel Craig, desde 2006. Em todas as suas aventuras, James Bond é descrito como sendo um homem alto, moreno, de olhar penetrante, viril, porte atlético, sedutor e com a idade entre 33 a 40 anos, além disso,  um grande apreciador de vodka-martini, exímio atirador com licença 00 para matar, perito em artes marciais, charmoso, elegante e vive cercado de belas mulheres, e conhecido especialmente pela sua célebre frase: "Meu nome é Bond, James Bond".

 

 

O sucesso das aventuras de James Bond também fez com que se tornasse uma referência no gênero da espionagem, assim como de diversas paródias ao longo do tempo como Agente 86, por exemplo, além de inspirar vários seriados de televisão, principalmente nos anos 60 como James West, O Agente da UNCLE, bem como dando origem a outros agentes em filmes como “Our Man Flint” e “Johnny English”, entre outros. Os primeiros jogos de 007 para vídeo game foi criado por volta de 1983, para ser utilizado no computador Commodore 64 e os consoles Atari 2600, Atari 5200 e Colecovision.

 

 

Depois outros jogos se seguiram com grande sucesso até os dias atuais. Em 2005, foi lançado nos Estados Unidos o "James Bond 007: From Russia with Love", contando inclusive com as feições do ator Sean Connery. Em 2010, um outro vídeo game chegou com "007: Blood Stone", contando com a participação do ator Daniel Craig, e um remake de GondeEye 007 para Wii, atualizando a trama e com Daniel substituindo Pierce Brosnan como agente 007, James Bond.

 

 

Filmografia Oficial de James Bond

 

Dr. No - 1962 - Sean Connery

From Russia with Love - 1963 - Sean Connery

Goldfinger - 1964 - Sean Connery

Thunderball - 1965 - Sean Connery

You Only Live Twice - 1967 - Sean Connery

On Her Majesty´s Secret Service 1969 - George Lazenby

Diamonds Are Forever - 1971 - Sean Connery

Live and Let Die - 1973 - Roger Moore

The Man with the Golden Gun - 1974 - Roger Moore

The Spy Who Loved Me - 1977 - Roger Moore

Moonraker - 1979 - Roger Moore

For Your Eyes Only - 1981 - Roger Moore

Octopussy - 1983 - Roger Moore

A View to a Kill - 1985 - Roger Moore

The Living Daylights - 1987 - Timothy Dalton

Licence to Kill - 1989 - Timothy Dalton

GoldenEye - 1995 - Pierce Brosnan

Tomorrow Neves Dies - 1997 - Pierce Brosnan

The World Is Not Enough - 1999 - Pierce Brosnan

Die Another Day - 2002 - Pierce Brosnan

Casino Royale - 2006 - Daniel Craig

Quantum of Solace - 2008 - Daniel Craig

Skyfall - Previsto para 2012 - Daniel Craig

 

 

Filmografia não oficial

 

Casino Royale - 1954 - Barry Nelson

Casino Royale - 1967 - David Niven

Never Say Never Again - 1983 - Sean Connery

 

 Vídeo

 

Principais Fontes Bibliográficas

Este texto é uma releitura de artigos encontrados nas páginas:

http://pt.wikipedia.org/wiki/James_Bond

http://en.wikipedia.org/wiki/James_Bond

 

Retornar/Artigos