tvsinopse.

kinghost.net

 







 


Quasimodo - Personagem da obra O Corcunda de Notre Dame


 

 

Quasimodo é um personagem fictício da obra de Victor Hugo chamada O Corcunda de Notre Dame, publicada pela primeira vez em 1831, cuja narrativa acontece na Paris de 1482 e mostrando diversas pessoas de todas as camadas sociais existente na França no período da Idade Média. O personagem Quasimodo nasceu com deformidades físicas marcantes, como uma enorme verruga que cobria o seu olho direito e um corcunda bem acentuado que é abandonado ainda bebê, no primeiro domingo da Páscoa e acolhido por Claude Frollo, o arquidiácono da famosa Catedral de Notre Dame, que passa a criá-lo e mais tarde passa a desempenhar a função de sineiro da catedral.

 

 

Com o passar do tempo, de tanto tocar os sinos, Quasimodo acaba também ficando surdo, e apesar de toda a deformidade tem um coração gentil e bondoso, mas visto pela população como um monstro nas raras vezes que sai acompanhando o arquidiácono para fora da Catedral. Certo dia, uma jovem cigana chamada Esmeralda de extrema beleza dança na praça defronte a Catedral de Notre Dame e sua beleza provoca uma grande paixão enlouquecedora no arquidiácono Claude Frollo, que não mais resistindo a sua tentação ordena que Quasimodo sequestre a jovem.

 

 

Mas nesse momento ela acaba sendo salva pelo jovem Phoebus de Chateaupers que impede o acontecimento, ao mesmo tempo em que acaba prendendo Quasimodo. Mais tarde, Quasimodo é levado ao pelourinho para ser punido, pois toda a culpa do sequestro acaba recaindo sobre ele. Nesse instante que ele esta sendo punido, Esmeralda lhe dá água e ele também acaba se apaixonando por ela.

Alguns dias depois, Esmeralda se reencontra com Phoebus e passa a dedicar-lhe todo seu amor a ele, apesar dele estar comprometido com outra jovem chamada Fleur-de-Lys.

 

 

Entretanto, ele fica encantando pela beleza de Esmeralda e um encontro é marcado num lugar fechado. Quando o Phoebus chega o arquidiácono Frollo aparece e o apunhala e Esmeralda é acusado pelo assassinato, porém ela não aceita se entregar a Frollo para se livrar da condenação. Assim sendo ela acaba sendo levada para o átrio da catedral para ser condenada a morte, mas Quasimodo consegue salvá-la levando para o topo da igreja e passa a cuidar dela de forma desinteressada, dedicando todo o seu amor e carinho a ela.

 

 

Nesse meio tempo, os amigos vagabundos de Esmeralda aparecem para libertá-la, e o arquidiácono Frollo aproveita o tumulto para tentá-la seduzi-la, mas ela resiste e recusa o amor de Frollo. O arquidiácono Frollo por sua vez louco de raiva pela recusa de Esmeralda a entrega a uma velha reclusa que vive enterrada num buraco como uma eremita e considerada por todos como uma louca, para assim dar fim a vida de Esmeralda. Mas, nesse instante a velha reconhece na Esmeralda a sua própria filha e não faz nada com ela.

 

 

Esmeralda escapa, mas logo em seguida é capturada pelos guardas e encaminhada novamente para sua execução na Praça da Catedral, enquanto lá do alo da Catedral, o arquidiácono Frollo e Quasimodo assistem á execução. Neste momento Quasimodo é tomado por uma loucura de amor e desesperado joga o arquidiácono Frollo da torre ao perceber que ele foi o responsável pela morte de Esmeralda.

 

 

Depois Quasimodo desaparece de Notre Dame sem deixar vestígios e vai para o cemitério de Paris, onde todos os corpos dos condenados são despejados e também morre segurando o corpo de Esmeralda. Somente anos mais tarde, durante uma escavação os corpos de Esmeralda e Quasimodo são encontrados abraçados e quando eles tentam separá-los, os ossos de Quasimodo se transformam em pó.

 

 

A obra O Corcunda de Notre Dame não é simplesmente uma história de amor entre um homem quase que totalmente deformando por uma jovem e deslumbrante mulher, mas também reflete toda a vida social daquela época, mostrando os seus mendigos e seu modo de vida, o estado monárquico, as ruas perigosas de Paris da época, os burgueses que adoravam ver espetáculos de barbaridade e condenações injustas na Praça de Grève, soldados cometendo crimes impunemente e os religiosos deixando de lado a sua crença e se entregando aos desfrutes amorosos.

 

 

Tudo isso tendo como fundo a história de uma bela jovem chamada Esmeralda perante três amores desiguais. Um jovem bonito por quem ela se apaixona, mas que não a ama, um repugnante homem corcunda que lhe dedica todo seu puro amor e o arquidiácono que vive dividido entre o seu amor a Deus e pela jovem Esmeralda.

 

 

O personagem Quasimodo não é apenas um homem com diversas deformidades em seu corpo, mas fundamentalmente é um ser que arca com o preconceito da aparência, da repugnância e também a falta de receptividade no amor que a aparência pode causar em pessoas que não nasceram perfeitas. A sociedade onde a aparência é fundamental não é apenas um sinal dos novos tempos, é uma problemática vem desde os tempos remotos e continua até dos dias atuais.

 

 

Desde a sua criação a obra O Corcunda de Notre Dame tem sido adaptada para o cinema, onde recebeu diversas interpretações desde o "Esmeralda", um filme mudo de 1905, sob a direção de Alice Guy-Blache e Victorin-Hippolyte Jasset e considerada a mais antiga adaptação cinematográfica do romance, bem como adaptada para a televisão, teatro, música, ballet e rádio.

 

 

No cinema a obra de Victor Hugo também ficou muito famosa por uma animação realizada pela Disney em 1996, onde o romance é narrado de uma forma muito diferente da original e tendo como protagonista o personagem Quasimodo, que aparece não como um caolho, embora com um grande nódulo em um dos olhos. Quasimodo também não é surdo e fala fluentemente, e sonha viver fora do campanário, entre outras modificações também encontradas em outros personagens e na narrativa da trama, além de um final muito diferente da original. Mesmo assim, o filme não deixa de ser considerado um clássico do desenho animado.

 

 

Foto - Quasimodo - Charles Laughton

 

Também no cinema, o personagem Quasimodo foi interpretado por diversos atores como Henry Vorins, Henry Kraus, Glen White e Booth Conway, e entre as interpretações mais famosos e memoráveis estão a de Lon Chaney como Quasimodo no filme de 1923; de Charles Laughton em 1939; de Anthony Quinn em 1956 e de Anthony Hopkins no filme de 1982, além de outras naturalmente.

 

Vídeo

Principais Fontes Bibliográficas

 

http://en.wikipedia.org/wiki/Quasimodo

http://literatura.interativo.org/livros/2006/04/o-corcunda-de-notre-dame

http://www.imdb.com/character/ch0012853/

http://pt.wikipedia.org/wiki/Notre-Dame_de_Paris_(livro)

http://www.histedbr.fae.unicamp.br/revista/edicoes/34/art13_34.pdf

 

Retornar/Artigos

 

 


 

 



 

tvsinopse.

kinghost.net