tvsinopse.

kinghost.net

 







 


Victor Vasarely - Pintor - Op-art


 

 

Victor Vasarely foi um pintor de origem húngara considerado por muitos como um dos mais importantes artistas da chamada Op-art, sendo um dos fundadores dessa arte cinética, através de desenvolvimentos de pinturas de abstrações geométricas.

 

 

Vasarely nasceu como Vasahelyi Gyõzõ, em Péc, na Hungria, no dia 9 de abril de 1906, e passou parte de sua infância em Piestany e Budapeste. Aos 19 anos de idade resolveu estudar medicina na Universidade de Budapeste, mas depois de anos do curso resolveu abandonar ao sentir sua forte atração pela arte e pelo grafismo de modo geral. Dessa forma foi aprimorar-se na pintura acadêmica tradicional na escola Podolini-Volkmann Academy. Depois concentrou suas atenções na arte gráfica aplicada e design tipográfico.

 

 

Em 1930 casou-se com uma colega da escola e com teve dois filhos. Nessa época trabalhou numa empresa de rolamentos de esferas onde desenhava cartazes publicitários e com o decorrer do tempo começou a especializar cada mais como um design gráfico e artista de pôster, bem como consultor de criação de uma agência de publicidade.

 

 

Durante este período de sua vida, Vasarely não teve muito contato com os demais artistas, além disso, vivia de baixos salários, morando praticamente com sua família em apartamentos baratos, passando por diversas dificuldades financeiras, principalmente até a metade dos anos 40, por causa da guerra.

 

 

Durante os anos de 1929 a 1947, Vasarely passou a experimentar em suas pinturas efeitos de textura, sombra em perspectiva de luz, o que acabaram por desenvolver seus primeiros resultados gráficos do período de obras como “zebras” de 1937, “Chess Board” de 1935 e “Girl-power” de 1934.

 

 

Ainda na década de 40 começou a fazer diversos experimentos em suas pinturas fazendo quadros em diversos estilos como cubistas, futurista, expressionistas, simbolista e surrealista, mas ainda sem desenvolver um estilo único. Fazia diversas exposições de seus trabalhos, conseguindo aos poucos fazer seu talento ser admirado.

 

 

Após a Segunda Guerra Mundial, sua vida começou a melhorar e ele pode abrir o seu primeiro ateliê em Arcueil, que ficava num subúrbio próximo do centro de Paris. Lá finalmente Vasarely encontrou seu estilo próprio, desenvolvendo as sobreposições baseadas em suas heranças geométricas, que provavelmente remontavam a época em que fora um design.

 

 

A partir de 1948 costumava passar os meses de verão em sua casa em Gordês, em Provence-Alpes-Côte d´Azur e lá desenvolveu amplamente as casas cúbicas levando à composição do grupo de trabalhos conhecidos como Gordes/Cristal. Também trabalhou no problema dos espaços vazios e preenchendo-os numa superfície plana, promovendo o desenvolvimento da visão estereoscópica.

 

 

Desenvolveu uma série de trabalhos importantes com a marca de seu estilo a partir da década de 50 e 60, principalmente no período denominado “preto e branco”, onde seu nome passaria em definitivo para a história da arte. O desenvolvimento e definição dos elementos básicos de sua pintura, logo passaria a ser reconhecida como Op-art, um estilo e uma técnica que jamais poderá ser lembrada sem que seu nome seja citado.

 

 

Em 5 de agosto de 1970, teve a abertura do primeiro museu, em estilo renascentista, em Gordes, com mais de 500 obras suas. Criou a Fundação Vasarely em Aix-em-Provence e em 1976 trabalhou na obra que foi instalada no Centro Pompidou em Paris e no Museu Vasarely localizado em seu local de nascimento, na cidade de Pécs, na Hungria, para onde fez uma grande doação de suas obras.

 

 

Em 1982, cerca de 154 serigrafias foram levadas para o espaço pelo astronauta Jean-Loup Chrétien, a bordo da nave espacial franco-soviética Sayut 7, que posteriormente foram vendidas em benefício da UNESCO. Em 1987, o segundo museu do húngaro Vasarely foi criado em Zichy Palace em Budapeste com mais de 400 obras. Victor Vasarely morreu em Paris, no dia 15 de março de 1997, aos 89 anos de idade.

 

 

Op –art ou Optical art é uma forma de arte abstrata que se caracteriza pela utilização de figuras geométricas, geralmente em padrões claras e escuras e/ou preto e branco, em repetição exaustiva resultando uma visualização dinâmica de efeito ilusório óptico de quem as vê, passando a sensação de movimento, sugerindo vibrações que podem se modificar conforme a posição do espectador.

 

 

Essas diversas possibilidades de constante modificação simbolizam a transformação da realidade que o homem vive. Este estilo moderno e não convencional, tiveram a liderança de grandes nomes como Victor Vassarely, Alexander Calder e Bridget Riley, bem como se tornou uma arte muito popular na América e também na Europa entre os anos 60.

 

Obras

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Principais Fontes Bibliográficas

 

http://www.vasarely.com/

http://en.wikipedia.org/wiki/Victor_Vasarely

http://www.artnet.com/artist/17122/victor-vasarely.html

http://www.answers.com/topic/victor-vasarely

http://www.britannica.com/EBchecked/topic/623657/Victor-Vasarely

 

Retornar/Artigos

 

 


 



 

tvsinopse.

kinghost.net