tvsinopse.

kinghost.net

 







 


Baretta - Parte 1


 

 

A série Baretta na verdade começou com uma outra série de TV chamada Toma, apresentado pela ABC entre 1973 e 1974, estrelado por Tony Musante e Susan Strasberg e era baseado numa história real publicada pela Newark, Nova Jersey, sobre o detetive policial chamado David Toma. David Toma tinha um grande número de apreensões surpreendentes em sua época como policial, particularmente em negociatas de drogas, além disso era conhecido como mestre do disfarce e trabalhava encoberto enquanto fazia suas investigações. 

 

 

No seriado Toma fazia um aparecimento disfarçado nos episódios, como um personagem secundário, tipo garçom, vendedor, etc. O chefe dele era o Inspetor Spooner e era interpretado pelo ator Simon Oakland. Depois de aposentar-se David Toma, começou a dar palestras por toda a América para estudantes, sobre os perigos das drogas. Tony Musante, o ator principal da série, desistiu da série após a primeira temporada.

 

 

Considerando que as avaliações da série alcançavam relativamente boas colocações, o seriado foi às pressas modificado com algumas mudanças na história e nos personagens e para que não houvesse comparações passou-se a chamar-se Baretta com interpretação de Robert Blake em substituição de Musante.

 

 

A série Baretta foi produzido por Roy Huggins-Public Arts Productions e Universal TV, e foi apresentado pela rede ABC norte-americana de 17 de janeiro de 1975 a 18 de maio de 1978 , num total de 82 episódios coloridos de 60 minutos cada. A canção tema "Keep Your Eye on the Sparrow" foi escrita por Dave Crusin e interpretado por Sammy Davids Jr., onde chegou a fazer um grande sucesso com essa música tema. Tony Baretta (Robert Blake) era um policial nada convencional e levava um estilo de vida um tanto excêntrica. Ele morava no precário Edward Hotel, no apartamento 2C, juntamente com um cão e uma cacatua chamada Fred.

 

 

Normalmente era visto somente usando uma camiseta, calça jeans e um boné, que era a sua marca registrada, puxada para baixo da sua testa. Filho de pobres imigrantes italianos, Tony conhecia a cidade como ninguém. Era um mestre em disfarce e usava dessa habilidade para infiltrar-se e desvendar os crimes.

 

 

Gostava de trabalhar sozinho e recusava-se a ter um sócio. O hotel em que Baretta morava era gerenciado por um ex-policial, já aposentado, chamado Billy Truman (Tom Ewell), que além de ser seu melhor amigo, também sempre o ajudava nas investigações. 

 

 

Havia também o seu chefe na polícia, o inspetor Shiller (Dana Elcar) que ficou somente a primeira temporada, sendo substituído pelo Tenente Hal Brubaker (Edward Grover) na segunda temporada em diante. A série foi duramente criticada na época por ter cenas de muita violência, mas apesar dos protestos do público, a série continuou. 

 

 

Para amenizar um pouco, introduziram o personagem de informante, muito engraçado, amigo de Baretta, conhecido como Galo (Rooster), interpretado por Michael D. Roberts, que além de ser um dos informantes favoritos de Baretta, também era responsável pela grande parte do humor do espetáculo.

 

 

Em algumas ocasiões, a verdadeira esposa de Blake, na época, Sondra Brake, também participava como estrela convidada. Curiosamente ou ironicamente, muitos anos depois da série que o tornou famoso como detetive Baretta, em 05 de maio de 2001, Robert Blake, cujo verdadeiro nome era Michael James Vijencio Gubitosi, foi preso e acusado pelo assassinato de sua atual esposa, Bonny. Foi inocentado em 2005.

 

Vídeo

Baretta - He´ll Never See Daylight - 1/2

 

 

Partes:  01   |   02   |   Index

 

 


 



 

tvsinopse.

kinghost.net