tvsinopse.

kinghost.net

 







 


Candy Candy


 

 

 

Candy Candy era um desenho animado japonês que possuía como característica, um tratamento ou uma narração muito semelhante a de uma novela. Esta série animada foi baseada num mangá homônima escrita por Kyoko Mizuki e ilustrada por Yumiko Igarashi, publicados pela Kodansha Ltd.. Depois das publicações de mangás, a obra foi transcrita como um anime para a televisão produzida pela Toei Animation, que foi apresentada originalmente no Japão, pela NET (atual TV Asahi), entre 1975 a 1979, num total de 115 episódios. No Brasil esta série foi exibida com muito sucesso pela TV Record.

 

 

 

O espetáculo narra a trajetória dramática de uma menina chamada Candy, que é abandonada num orfanato, dirigida pela senhorita Pony e sua irmã Maria e onde também existia um outro bebê, chamada Annie. Ela passa a ser criada junto com as demais crianças e se mostra desde o início, uma criança muito trabalhadora, alegre e generosa. Durante sua estada neste orfanato, Candy cria um laço profundo de amizade com Annie e as duas se tornam as melhores amigas, como se fossem irmãs.

 

 

 

Um tempo depois, Annie é adotada pela família Britter e elas acabam se separando. Depois de um certo tempo, Candy recebe uma carta de Annie dizendo que não poderá vê-la mais, pois a sua mãe adotiva a proibiu de seus novos amigos ficarem sabendo de seu passado num orfanato. Desconsolada, Candy corre até a uma colina, onde encontra e se encanta pela primeira vez, aos seis anos de idade por um príncipe. Eles conversam e logo ele vai embora sem dizer seu nome, mas deixa cair um prendedor, que Candy passa a guardar como se fosse um amuleto.

 

 

 

Aos 12 anos, Candy é adotada pela família Leagan, para que ela se torne uma dama da companhia de Eliza, a filha mais velha desta família. Os episódios a seguir mostram toda a trajetória de vida da pequena Candy até a sua fase adulta, passando por privações, maldades, humilhações, mas também passando por bons momentos, como a sua primeira paixão aos 12 anos por Anthony e depois por Terry. Também narram sua relação com seus melhores amigos Annie, Archie, Stear, Patty e Tom.

 

 

 

Desde 1998, a exibição desta série passou a ser proibida em todos os países do mundo, devido a um processo legar envolvendo Igarashi e Mizuki, pelos direitos de Candy Candy. Ao final de 2002, a corte decidiu a favor de Mizuki e se estabeleceu a ordem na comercialização da obra. Além das diversas publicações em mangas, a obra foi transposta para o cinema em duas OVAs e um curta-metragem.

 

 

 

As OVAs foram produzidas em 1978. Uma obra foi intitulada como “Candy Candy Haru no Yobigoe” que retratava sua vida como estudante no colégio e a outra foi chamada de “Candy no Natsuyasumi” que mostrava as férias de verão de Candy e Terry na Escócia. O curta-metragem aconteceu somente em 1992, denominada “Candy Candy Movie”, que tinha somente 26 minutos de duração e que resumia a vida de Candy, desde o momento em que chega ao orfanato até o momento em que ela é adotada pela família Leegan.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Música Tema

 

 

Principais Fontes Bibliográficas:

 

http://es.wikipedia.org/wiki/Candy_Candy

http://www.nihonsite.com/mang/secoes/series/index.cfm?action=a

http://www.shoujohouse.clubedohost.com/

http://br.geocities.com/tvcartoonseries/index.htm

 

Retornar/Index

 

 


 



 

tvsinopse.

kinghost.net