tvsinopse.

kinghost.net

 







 


Four Feather Falls - Parte 1


 

 

Four Feather Falls foi uma série de TV inglesa utilizando bonecos produzido por Gerry Anderson (que também produziu Supercar, Fireball XL5, Stingray, Thunderbirds, entre outros), por volta de 1960, para Granada Television, baseado numa idéia do compositor Barry Gray, que criou todas as canções, assim como produziu muitos outros temas para várias criações de Anderson e também escreveu o primeiro episódio deste espetáculo.

 

 

A história da série acontece há muito tempo atrás, em algum lugar do deserto de Kansas, nos Estados Unidos, onde existia uma cidade chamada de Four Feather Falls. Nesse local havia muitas pessoas agradáveis como o Sr. Ma Jones, proprietário de uma mercearia; Marvin Jackson, o gerente do banco da cidade; Dan Morse o telegrafista; Dock Haggerty, o médico e Slim Jim, dono e garçom do bar Denison Saloon. Havia também o Little Jake e Twink.

 

 

Mas a pessoa mais importante era o Xerife Tex Tucker. O Xerife Tex não cuidava sozinho da lei, havia mais dois ajudantes extras oficiais. Um deles era o seu cachorro Dusty e o outro era o seu cavalo Rocky. O xerife Tex devia muito a esses amigos, mas também para quatro penas bastante especiais. Mas afinal o que eram essas quatro penas bastante especiais?

 

 

Certa vez, quando o xerife Tex estava cruzando um imenso campo totalmente desolado, juntamente com o seu cachorro e cavalo, ele encontrou um pequeno menino índio perdido. A noite estava caindo e ele já estava começando a se resfriar. Ao encontrar o menino índio, ele despertou de seu sono e começou a gritar "Kalamakooya" e uma porção de índios, inclusive o chefe dos índios apareceram. 

 

 

Como recompensa por ter encontrado seu filho, o grande chefe índio deu para o xerife quatro penas mágicas. Essas penas faziam muitas coisas mágicas acontecerem. As penas deram o poder da fala ao seu cachorro Dusty e também ao seu cavalo Rocky, sobrando ainda mais duas penas, que o xerife Tex guardou para usar quando estivesse em perigo.

 

 

Com a mágica dessas quatro penas o xerife Tex mantinha a paz em Four Feather Falls. Aqueles eram tempos de grande vilões como Pedro e Fernando, bandidos mexicanos muito cruéis. Eles tentavam roubar bancos, seqüestrar Doc Haggerty, enfim tudo que possa ser de maldade eles tentavam. Desnecessário dizer que eles nunca tinham sucesso. Havia também Red Scalp, um indio chefe renegado e Big Bad Ben um outro grande bandido.

 

 

Ambos eram sórdidos e seus crimes incluíam raptar o Little Jack e Makooya e escondê-los em uma mina perigosa, usando-os como barganha com tribos inimigas.  O xerife Tex era um homem duro em seu trabalho e de seus comandados, mas também era um dos sujeitos mais agradáveis do povo. Ele gostava de cantar a canção Happy Trail, porém a sua música predileta era Two Gun Tex. 

 

 

 O espetáculo foi feito com um orçamento muito apertado e por isso Anderson não conseguiu dispor de efeitos sofisticados, mas usou de muita criatividade. Para causar o efeito das armas flamejantes, por exemplo, foram aplicada pequena pintas de pintura preta, cuidadosamente aos negativos do 35mm, de forma que eles parecessem flash brancos nas impressões.

 

 

A filmagem de Four Feather Falls teve seu início quando uma outra série chamada Torchy The Battery Boy já estava sendo produzida, mas Gerry Anderson e Arthur Provis da AP Films queriam produzir esta outra série de bonecos, que era de sua própria criação e então decidiram se ramificar. Gerry foi produzir Four Feather Falls e Arthur Provis continuou com Torchy The Battery Boy.

 

 

 Com 6 mil libras emprestados de um banco e uma idéia formada por Barry Gray, eles acabaram criando o episódio piloto que foi chamado de Four Feather Falls, mas temendo que Roberta Leigh cancelasse o outro contrato e parasse de trabalhar com o projeto em andamento (Torchy the Battery Boy), eles começaram a criar os bonecos e a história da nova série às escondidas. E assim alugaram dos donos da Islet Park, a mansão para fixar os estúdios de cinema da AP Films, mas os proprietários haviam oferecido 16.500 libras para eles comprarem o terreno. Anderson teria aceitado prontamente, mas Provis pensou e achou o empreendimento muito arriscado e não aceitou a compra.

 

 

Anderson compreensivelmente frustrado com a relutância de Provis de ampliar a companhia, decidiu separar a companhia e então Provis uniu-se a Roberta Leigh e juntos eles passaram a produzir uma outra série de bonecos chamada de Patrulha Espacial. Anderson continuou sozinho com a outra parte da companhia e em abril de 1959 conseguiu concluir o episódio piloto de Four Feather Falls, que era um projeto mais ambicioso, com histórias mais detalhadas do que usadas em projetos anteriores como  "Twizzle" ou "Torchy". 

 

 

Os bonecos eram mais sofisticados, as cabeças eram feitas de fibra de vidro, bem mais forte do que os de madeira, dando mais trabalho na sua movimentação devido a nova distribuição de peso. Se os bonecos fossem feitos de madeira ficariam muito pesados, necessitando assim de um arame mais grosso para sua movimentação, o que certamente faria com que eles ficassem mais visíveis na hora das filmagens.

 

 

Anderson estava mesmo propenso a fazer um espetáculos mais realista e assim optou por usar a fibra, bem mais leve, e assim pode usar um arame mais fino para o controle dos movimentos. Anderson e sua equipe também já haviam experimentado o uso da eletrônica para que os bonecos pudessem declamar movimentos do diálogo. 

 

 

A cabeça era provida de solenóide conectado a um arame de tungstênio, alimentados por pulsos, abaixo de uma fita, que registrava a vozes dos atores.Toda essa parafernália eletrônica, mais um mecanismo de labial também eletrônico para ativar os movimentos da boca deu a Anderson cerca de 90% de taxa de sucesso.

 

 

Esta técnica foi mais tarde desenvolvida e ficou conhecida como Supermarionation. O personagem de Tex Tucker foi sonorizado por Nicholas Parson que havia trabalhado durante muitos anos com Arthur Haynes (um dos melhores dubladores da época) e Kenneth Connor dava voz ao Rocky, Dusty, Marvin Jackson, Doc Haggerty, Slim Jim, Chief Kallamakooya e o vilão Pedro.

 

 

Durante a série outro ator se uniu a equipe para dar voz a Grandpa Twink, Fernando, Big Ben e o Indian Chief Red Scalp. Ele era amigo pessoal de Gerry Anderson e permaneceu na equipe por muitos anos, seu nome era David Graham. Seguindo como exemplo as histórias de Roberta Leigh, com quem ele havia trabalhado em outras produções, Gerry Anderson decidiu incluir várias canções no espetáculos e assim chamou Michael Hollyday que tinha a voz bem parecida com Bing Crosby.

 

Partes:  01   |   02   |   Index

 

 


 



 

tvsinopse.

kinghost.net