tvsinopse.

kinghost.net

 







 


Missão Impossível - Mission Impossible - Parte 4


 

 

Um outro ponto muito marcante na série Missão Impossível era a introdução do espetáculo, onde aparecia uma mão acendendo um pavio, que enquanto queimava ia mostrando as cenas do episódio a ser exibido, bem como a marcante tema musical de fundo criada pelo argentino, naturalizado norte-americano, Boris "Lalo" Schifrin. 

 

 

A mão que aparecia acendendo o pavio era de Greg Morris. Missão Impossível é ainda reconhecida pelo uso de uma música inovadora, composta por Lalo Schifrin que compôs para vários pedaços distintos da série. Foram cronometrados os cortes visuais na sucessão do título principal e na medida do tema, que começava e terminava enquanto um linha ardente animava a tela.

 

 

Lalo Schifrin também escreveu temas para cada um dos personagens principais e varias outras que eram incorporadas a cada episódio ao longo da série. Missão Impossível até hoje é muito elogiada pela sua proeminência de sua música. 

 

 

A série Missão Impossível, a original com 171 episódios é seguramente um dos espetáculo do gênero de espionagem mais longas da história da televisão, estando em segundo lugar a série Os Vingadores produzido na Inglaterra, que perde por aproximadamente 10 episódios. Segundo dados estatísticos, as reprises de Missão Impossível é mostrada quase que diariamente em algum canto do planeta. 

 

 

A maioria dos episódios incluíam sucessões de diálogos livres que mostravam particularmente o agente especialista em eletrônica, Barney Colley, preparando as técnicas para a missão, que normalmente eram acompanhadas por uma outra melodia facilmente reconhecida chamada "The Plot".

 

 

Segundo alguns autores, Geller se inspirou para criar a série no filme de Jules Dassin de 1964 chamado Topkapi, trocando determinados elementos da história e mantendo outros. Um dos pontos mais controversos de Geller era sua insistência em minimizar o desenvolvimento dos personagens, chegando muitas vezes a vetar as tentativas dos roteiristas em desenvolver os personagens durante os episódios.

 

 

Isto porque facilitava o ponto de partida dos espetáculos, o que não deixa de ser realmente muito bem pensado. E também os agente da IMF ficavam com apenas uma cena do apartamento para se interagirem com o líder e raramente eram mostradas particularidades das suas vidas pessoais deles.

 

 

Nenhum dos personagens regulares jamais morreu, mas o personagem poderia desaparecer durante o intervalo de um episódio, sem que houvesse uma menção ou reconhecimento de seu desaparecimento. Somente na série revivida da década de 80 é que aconteceu o extermínio de um personagem principal. Isto só aconteceu porque Bruce Geller já havia morrido em maio de 1978, em Santa Barbara, Califórnia, e dessa forma não pode vetar tal decisão. 

 

 

Os produtores da série original foram processados por plágio pelo criadores da série chamada 21 Beacon Street. O caso acabou sendo resolvido fora dos tribunais, mas Geller sempre afirmava nunca ter visto tal espetáculo. 

 

 

Após sete temporadas e várias mudanças de diversos níveis dentro da série, ela foi perdendo fôlego, tanto que a sétima temporada é considerada a mais fraca de todas e em 30 de março de 1973 foi decretada seu cancelamento, mas ela retornaria alguns anos mais tarde numa série reavivada na década de 80 e em filmes de sucesso até os dias atuais. 

 

 

Por volta de 1980, saíram algumas notícias dizendo que haveria uma reunião com o elenco original de Missão Impossível e um novo projeto estava sendo preparada e iria se chamar Missão: Impossível 81, mas acabou sendo arquivado.

 

Partes:  01   |   02   |   03   |   04   |   05   |   Index

 

 


 



 

tvsinopse.

kinghost.net