tvsinopse.

kinghost.net

 







 


Outros - Rima Iscabrosa


 

Pintura - Caipira picando fumo - Almeida Júnior

 

 

Há muchus anus atrais

Lá pros lados dus arraiais

Das longinquas Minas Gerais

Cunheci um caboclo dus cafezais

Um proseadô chamadu Ferrais

Um contadô di causus reais

   
 

Qui certa feita mi contô

Di um caso di um doutô

I tombém di um outru sinhô

Sem isquecé di um professô

Todus cunhecido pur cumedô

   
 

Us treis gustava di gabá

I tombém muita lorota mustrá

Darguns acuntecido  du lugá

Sobre coisas di trepá i arrepiá

Qui ninguém há di duvidá

Principarmente pelu povo di lá

   
 

Diziam qui quando era moços

Eram piores du qui tremoços

I ao beijar perto dum poço

Num sobrava nem caroço

Era um verdadeiro arvoroço

   
 

Qui mulheres tiveram as dezenas

Eram tantas, pareciam centenas

Qui mi perdoem as Helenas

Mais faiscava feita as falenas

Sempre citando as suas novenas

Tentando ser pura às duras penas

   
 

Muitas delas, muito cheirosas

Outras fogosas i bem glamurosas

I eram tratadas comu formosas

Mais tombém tinham as pavorosas

Argumas delas bastanti feiosas

Mais todas narradas comu gostosas

   
 

Mais certu dia um fato acunteceu

Um homem apareceu i logo faleceu

A cidade inteira muda, si intristeceu

I nu dia seguinte três viúva apareceu

Tombém vinte i um filhu compareceu

Esse causu ninguém mais si esqueceu

   
 

Cumé qui argúem, treis haveria de tê

Qui coisa istranha essa pra si intendê

Pois só uma tê, já dava pra arrependê

Como haveria esta coisa di arresolvê

   
 

Siria um causo pro doutô?

Ou pra um outro sinhô?

I tombém pro professo?

   
 

Mais di longi logo argúem tratô di berrá

Todus ficaram a calá pra pudê escuitá

Uma das viúva arresolveu a todus cuntá

Diz qui quandu jovem era bunita di lascá

I logo u doutô passô a lhi cantá i a isfregá

A insistença foi tanta qui chegô a assustá

Num tendo outra saída, pensô inté si matá

   
 

Porém quandu na cama si deitô

U negócio du doutô, logo afroxô

I não mais funcionô, logo si apavorô

Foi pro corredô, rapidinho si mandô

Sorte sua foi quandu um outro sinhô

Na porta apareceu, junto dum professô

Us dois a ela agarrô, feito o louco doutô

I logo num tardô dus dois ficá borocoxô

Quandu us trecos tombém num levantô

   
 

Logo dispois dessa istória a viúva falá

Muitas outras si puseram a carcarejá

Sobre us três sujeitos daquele lugá

Rapidinho o doutô resolveu chispá

U sinhô a pirulitá i u professô a borrá

Nunca mais us treis apareceram pur lá

   
 

Dizem qui as viúva somente si assussegô

Dispois di conhecê u dengoso Dodô

Qui todos diziam sê, parecida a uma flô

Mais as treis, logo acarmô i acunchegô

Dando pra todas, seu grandi amô

Ao sentir nu peito toda aquela dô

   
 

Amssim si conta esta istória

Di forma aleatória ou contraditória

Si ocê tombém acha qui é uma glória

Muito cuidado antes di cantá a vitória

Pense muito bem na sua trajetória

Antis di dar a mão a parmatória

Prá num passá por coisa vexatória

   
 

Morar da istória:

Boi brabo num berra

   
 

Diz um dito populá

Das terras di boi bumbá

Boi brabo tem qui chifrá

Pulá i tombém a trepá

I si ocê num acreditá

É só as suas carças arriá

Ficá di quatro i amustrá

   
 

Qui a hora num vai tardá

Dele docê si aproximá

I si eli num ti chifrá

Otra coisa acuntecerá

Intão é muió ocê rezá

Du qui eli ti arreganhá

   
 

Quem avisas amigu é

Ou vais virá um mané

Dispois num vai dizê, pois é

Num vai dá nem pra sentá, né

Quar é....!!!

 

Retornar/Outros

 

 

Criação: Osamu Nakagawa

Janeiro de 2011


 



 

tvsinopse.

kinghost.net