tvsinopse.

kinghost.net

 







 


Outros - O jingle nosso de cada dia - Parte 1


 

 

Você sabe o que é um Jingle? Claro que sabe!... São aquelas mensagens de publicidade elaborada de forma musicada, contendo geralmente um refrão muito fácil de ser decorada, criada para propagar um produto ou uma empresa, e quase todo mundo conhece pelo menos uma e que pode passar o tempo que for, a gente nunca esquece.

 

 

Às vezes a empresa ou o produto já não mais existe, mas a musiquinha continua lá na nossa memória, mesmo que passem muitos anos. Às vezes, a gente dá uma esquecedinha, mas é só alguém começar a cantarolar ou assoviar, que a gente passa a se lembrar rapidamente dela. O jingle acabou se tornando uma parte da nossa cultura e está intimamente ligada a alguma lembrança, de algum tempo de nossas vidas.

 

 

Mesmo você não sendo um consumidor daquele produto veiculado no jingle, quando ela é bem feita, de forma criativa, ela acaba sempre se tornando simpático aos nossos olhos. Eu me lembro de muitos deles e sempre que possível dou umas escutadinhas nelas, só para relembrar, mas nem por isso voce se torna um consumidor inveterado do tal produto veiculado por ela.

 

Foto - jingle dos cobertores Parayba

 

Uma delas, por exemplo, é o jingle das Casas Pernambucanas, que eu acho o máximo, mas sempre preferi comprar em outras lojas. Nada contra as Pernambucanas evidentemente. Vivia levando pancadas, tendo enormes tombos, mas nunca passei Gerlol, assim como adorava o jingle da Varig, mas viajava sempre pela Vasp. Também nunca olhei se os meus cobertores eram Parayba, mas vivia cantando a sua música.

 

 

Muitas vezes eu tenho a impressão que o jingle está acima do produto veiculado. Ela entra no nosso cérebro como se ela fosse uma música que a gente escuta na rádio ou mesmo um tema musical de uma novela que a gente assiste sempre e a música acaba se apegando a gente, e quando você menos percebe, lá está você cantarolando a música.

 

 

Comecei a colecionar os jingles por acaso, com o decorrer do tempo, enquanto procurava músicas de aberturas de desenhos e seriados. Sempre acabava me deparando com um jingle ou uma vinheta e ia guardando. Mais tarde em pesquisa de outras matérias pela Internet fui descobrindo alguns blogs fantásticos sobre esses jingles, o que me atiçou ainda mais a vontade de escrever sobre elas, e acho que chegou a hora.

 

 

Apesar de não ser a praia dos meus conhecimentos,  mesmo assim resolvi contá-las do meu modo e como as sinto, bem como mostrar alguns jingles de minha preferência, que eu andei garimpando aqui e acolá, que eu acho muito legal.

 

 

Também não é minha pretenção escrever uma matéria cheia de detalhes técnicos, nem históricos e nem cheias de verdades absolutas. Vou tentar contá-las como uma boa conversa de botequim, um papo sem maiores conseqüências, que ao meu ver é a maneira mais gostosa de curtir uma coisa, assim como dar os meus palpites, que nunca devem ser levadas em consideração e às vezes fazendo analogias não muito lógicas, misturando alho com bugalhos.

 

 

Então, escreve daqui, dá uma olhadinha ali, escuta alguém dizer alguma coisa, fuça um pouco, principalmente nos blogs dos outros e assim acabei descobrindo algumas coisas legais sobre elas, como por exemplo, um pouco da história do jingle e de como ele surgiu, que é bastante curioso.

 

 

Dizem que os jingles apareceram pela primeira nos Estados Unidos na década de 20 e foi criada para um produto de uma empresa chamada de General Mills, considerada como a primeira propaganda no mundo a ser mostrada de forma cantada, nas rádios americanas e se tornando um grande sucesso.

 

 

A General Mills, Inc. é uma grande empresa norte-americana voltado no processamento de produtos alimentares e que comercializa diversas marcas de produtos como Betty Crocker, Colombo, Totinos, entre outros e que foi fundada em 1856, e muito famoso nos estates.

 

 

Dizem também que a veiculação aconteceu na véspera do Natal de 1926, numa rádio local com um jingle denominado de “Have You Tried Wheaties?", algo como “Você já tentou Wheaties?”, que era cantada por quatro pessoas, que acabaram ficando conhecido de “The Wheaties Quartet” ou “O Quarteto Wheaties” que assim cantarolavam:

 

 

Have you tried Wheaties?

They´re whole wheat with all of the bran.

Won´t you try Wheaties?

For wheat is the best food of man.

They´re crispy and crunchu

The whole year through,

The Kiddies never tire of them

and neither will you.

So just try Wheaties,

The best breakfast fook in the land.

 

 

Numa tradução a la “Google traductions rapidinho” consegui a letra que diz mais ou menos o seguinte:

 

Você já tentou Wheaties?

Eles são de trigo integral com todos os farelos.

Você não vai tentar Wheaties?

Para o homem trigo é o melhor alimento.

Eles são crocantes e crocante

Durante todo o ano,

A garotada nunca se cansa deles

e nem você.

Então, basta tentar Wheaties,

A melhor refeição no almoço desta terra.

 

É claro que a tradução é meio fajuta, mas dá pra entender mais ou menos o que ela quer dizer, o que é mais importante. Também dei uma pesquisada para saber o que é esse tal de Wheaties e descobri que se tratava de flocos a base de farelo de trigo cozido, que foi introduzida no mercado em 1924.

 

 

Segundo a General Mills, o produto servia até como um pequeno almoço para as pessoas, principalmente aquelas que gostavam de praticar algum tipo de esporte. Também por outro lado, os americanos gostam de consumir bastante esse tipo de cereal que faz parte da sua dieta matinal.

 

Partes:  01   |   02   |   03   |   04   |   05   |   06   |   07   |   08   |  Index

 

 


 



 

tvsinopse.

kinghost.net