tvsinopse.

kinghost.net

 







 

tvsinopse@gmail.com

 

 


Depois, nóis é qui somos burros!


 

 

Nóis, os portugueses somos a toda hora chamadus pelos brasileirus di burros e mesmo hoje depois de mais de quatro séculos, inda nus continuam a tratar-nus como asnus, mais já estais na hora de revertermus esse quadro, pois então vejamus: neste dumingo, dia 22 de abril, o Brasil deverias cumemorar os seus 500 e alguns anos de sua existência, mas eles não a fazem e nem feriado és. Ao invés disso preferem a fazeire uma festa cívica um dia antes, pois nesse dia fostes o descobrimentu de Brasília, que ficavas bem no meio de seu imenso território e nem eles próprios sabiam de sua existência e por isso acontecestes somente pur volta de 1960. Depois, nóis é qui somos burros!

 

 

Também nesse mesmo dia comemoram o dia de Tiradentes, ora pois, pois, não é pur nadas não, nem implicâncias nossas, mas afinal não seria melhor colocar a data cumemorativa num outro dia, afinal nesse dia já si festeja o descobrimento de Brasília. Estais certo qui u dentista tem uma importância vital as nossas higienes bucais, e por mais que gostemos deles, não precisarias cumemorar justu nesse dia, ora pois, e depois nós é qui somos burros!

 

 

Depois nus foi explicadu que Tiradentes era na verdade o tal de Joaquim José da Silva Xavier, considerado como o mártir da inconfidência mineira ucorrida por volta de 1789, contra a nossa querida Coroa Portuguesa, qui então estavam a passari algumas férias neste locali, e isso é simplesmente ultrajante, uma falta de respeito, pois não é assim que tratam us turistas, principalmente a nós portugueses, pois naqueles tempos éramos os únicos a trazeire divisas e mais divisas a este país. E depois nóis é qui somos burros!

 

 

Mas, cá em Portugal essa história é vista doutra maneira, pois descobriu-se em recentis pesquisas, que o senhori Silva Xavier era na realidadi um arrancador de dentes, sem diploma, qui juntamente com um bando de outros a nada fazeire tentaram criar um sindicato e assim reivindicar de Portugal melhores salários, para assim a ficaire a nos extorquir. Mas, Portugal não é que nem o Brasili qui aceitas tudo com a maior tranquilidade e corta logo o mal pela raiz e assim não tivemos outra coisa a fazeire sinão enforcá-los para assim parar o levanti, e depois nós é qui somos burros!

 

 

O Brasili também é o único país do mundo a não cumemorari a data de seu descobrimento, comu já dissemos anteriormente, o que me leva a crer que é um país inda a ser descoberto. Numa história recente deste país, que teve início na década de 60, implantou-se uma ditadura que durou mais de vinte anos, e os militares se empolgaram tanto durante esse regime, que caçaram até o descobridori do Brasil, o senhori Pedro Álvares Cabral, que fostes considerado um subversivo, um anarquista, sem falari de São Pedro e São João e outros que estão na lista negra até hoje. E depois nóis é qui somos burros.

 

 

Mais di quarenta aos se passaram e até hoje, ainda o pobre patrício Pedro Álvares Cabral ainda nem sequer foi anistiado pela nova Constituição, ele ainda continua a ser um foragido de além mar e nem seus restus mortais eles a querem de volta, pois continua inda qui em Purtugal sob us nossos cuidados. E depois nóis é qui somos burros.

 

Foto - Estátua do Borba Gato

 

E nem mesmo uma estátua que se preze fostes cunstruído ao nosso pobre Pedro Álvares Cabral, pois a sua estatueta perde feio para a estátua do Borba Gato em São Paulo, e também nem chega aos pés do Curcovadu. Na Bahia o tal de elevadori Lacerda recebe muito mais atenção do que o nosso pobre Cabral, que relegado estás a um terceiro plano na história brasileira. E depois nóis é qui somos burros.

 

 

Outra coisa estranha é a capital do país, que deverias ficar em São Paulo ou nu Rio de Janeiro, qui são as cidades mais desenvolvidas, mas ao invés disso fostes transferidu para Brasília, lugar este cunsiderado por elis próprios como o mais perigoso, por possuir o maior número de corruptos e larápios de todas as espécies, e inda acreditam que Brasília seja a capital da esperança. Isso é mesma coisa que os Estados Unidos transferir a sua capital de Washington para a cadeia de Alcatraz, e depois nóis é qui somos burros.

 

 

Hoje a moeda currente no país és o Reali, ou seja, todos precisam dizer que o dinheiro delis é reali pois nem mesmo eles acreditam e talvez seja por isso qui ele não és aceito em nenhuma parte do mundo, já pensastes que trabalhão daria ir para o exteriori e ter de provar a todo instante que a sua moeda é reali. E depois nóis qui somos burros.

 

 

Evidentemente que o artigo acima é apenas uma ilustração para demonstrar como muitas coisas ainda continuam ser tratadas por aqui e também para percebermos que existem certas manias brasileiras nunca acabam, primeiro não param de chamar os portugueses de burros e ainda insistem que o “pingulim” do japonês é deste tamanho, que Deus é brasileiro e que tudo se plantando dá, entre outras.

 

 

Mas, apesar de toda essa gozação também não devemos e nem necessitamos também de levamos tão a sério assim, pois estamos a gozar de Portugal e ela de nós, a mais de quinhentos anos, e mesmo assim nunca entramos em confronto um com o outro. Nunca houve uma guerra entre Portugal e Brasil, assim como consideramos sempre os portugueses que cá estão e também os de lá, como nossos irmãos e agrademos a ela por nossa descoberta, apesar de sempre aparecerem alguns a não concordarem com isso.

 

 

Também nunca se ouviu alguma forma de agressão mais grotesca ou um preconceito para cima dos nossos irmãos lusitanos e acredito que eles por nós também, e isso é mais importante do que tentarmos levar tudo a sério e a ignorância tomar as nossas cabeças. Então Vivas a Portugal e Vivas também ao Brasil, duas pátrias irmãs a bem querer um pelo outro, apesar de todas as piadas, de ambos os lados. E para terminar a confraternização, nada melhor que festejar com uma música composta por Eduardo Dusek e Valério Wiss, intitulada: Pilosofia Vurtuguesa

 

La la la lá, La la la lá

Lai lai lai lá, La la la lá, Lai lai lai lá

 

Ai uma coisa eu não a concebo

e posso a concebeire

Porque é que o sol nasce didia

quando não devias ser

Pois didia que é tudo tão claro

o que o sol vem aqui fazeire

Já que di noite quando tudo é escuro

é que ela deveria nasceire

 

La la la lá, La la la lá

Lai lai lai lá, La la la lá, Lai lai lai lá

 

Ai a Portugal não foi para a guerra

mas também não acordou-se

Cobriu Portugal com um pano

escreveu-se em cima, Portugal mudou-se

Vocês tem vatapá e feijoada

lá nos temos vinho e bacalhau

Se você tem o Chico Buarque

lá nós temos o Roberto Leal

 

La la la lá, La la la lá

Lai lai lai lá, La la la lá, Lai lai lai lá

Arrebita arrebita arrebita

Ai cachopa se tu queres ser bonita

Arrebita arrebita arrebita

Vocês acreditam que nóis somos burros

mas viemos de longe e descobrimos o Brasil

Pois a mais burra foi a Argentina

que estava aqui do lado e não a viu

 

 

Quando chegamos avistamos esta terra

Gritamos com brado varonil

oh oh oh oh oh ai Terra à vista!

oh oh oh oh oh ai Terra à vista!

ai Terra à vista!

Terra à vista óh pá!

Tu disseste Terra à vista

Pois, hoje em dia é a prazo que se vende o Brasil

 

Vídeo

 

Texto - Pesquisa - Criação = Osamu Nakagawa

 


 

Retornar

 


2008 - tvsinopse.kinghost.net - Todos os direitos reservados


 

 



 

tvsinopse.

kinghost.net

 







 

tvsinopse@gmail.com