tvsinopse.

kinghost.net

 







 


Peter Gunn - Parte 1


 

 

Peter Gunn foi uma série de televisão norte-americana, do gênero ação, crime e drama, que narrava as aventuras de um detetive particular, espetáculo esse criado pelo então jovem cineasta Blake Edwards, que ocasionalmente também escrevia e dirigia o espetáculo.

 

 

O seriado foi apresentado originalmente nos Estados Unidos, em preto e branco, pela rede NBC, entre 22 de setembro de 1958 a 18 de setembro de 1961, num total de 114 episódios, de aproximadamente 30 minutos cada, em três temporadas. Depois a série foi comprada pela rede ABC, que exibiu somente a terceira temporada da série, quase um ano depois.

 

 

No Brasil a série foi apresentada pela extinta TV Excelsior, com dublagens realizadas pela AIC São Paulo, com dublagem do personagem Peter Gunn na voz de Murilo Nery. Mais recentemente a série foi vista novamente uma versão remasterizada e a cores, pela televisão a cabo Multishow.

 

 

O espetáculo era centrando no personagem título, Peter Gunn, que segundo alguns autores foi modelado sobre a figura de Cary Grant, considerado como um dos mais joviais homens de Hollywood e curiosamente, o ator escolhido para interpretar o personagem foi Craig Stevens, que possuía muita semelhança com Cary Grant.

 

 

A série mostrava um investigador particular dentro do tradicional filme noir clássico, que era um gênero muito popular na década de 50, mas com algumas características que o diferenciava dos outros detetives da época.

 

 

Gunn era suave, elegante e sofisticado, amava o jazz, o que iam de encontro aos investigadores da época, freqüentemente grosseiros. Ele geralmente agia à margem da lei na grande metrópole de Los Angeles, ora resolvendo os problemas dos seus clientes, que sempre o faziam se envolver com uma variedade de tipos estranhos, muitas vezes encontrados em locais do puro jazz, ora protegendo a sua namorada Edie Hart, que cantava num clube local.

 

 

Também participava do espetáculo o tenente Jacoby da polícia, interpretado pelo ator Herschel Bernardi, como um grande amigo pessoal e confidente, que o ajudava nas horas mais difíceis, além de Bill Chadney como Emmett e de Hope Emerson que interpretava a mãe de Peter na primeira temporada. Na segunda e terceira temporada a personagem da mãe foi interpretada pela atriz Minerva Urecal.

 

 

Apesar de não ser uma característica do espetáculo, Peter Gunn muitas vezes tinha de usar seus punhos para se defender das brutalidades e da violência. Geralmente no final do programa, o crime era sempre resolvido e o criminoso indo parar detrás das grades. O estilo de Gunn era descrito por alguns telespectadores como uma paródia limítrofe, onde o diálogo e a moda expressiva, muitas vezes pareciam zombar dos detetives convencionais daquela época.

 

Foto - Blake Edwards

 

Dizem que Blake Edwards, famoso pelo filme “A Pantera Cor-de-Rosa”, criou o personagem inspirado provavelmente pelo detetive Richard Diamond, que fez um grande sucesso na interpretação de Dick Powell e que foi apresentado no rádio entre 1949 a 1953 e que mais tarde David Janssen interpretou o personagem numa adaptação para a televisão entre 1957 a 1960.

 

 

Inegavelmente uma das características especiais da trama estava no uso da música no espetáculo, com um moderno jazz, que acompanhavam todos o movimento de Gunn, composta pelo competente Henry Mancini e sua orquestra.

 

 

A parte musical também incluía entre outros músicos como iniciantes como John Williams, que dava ao personagem um ar mais suave, mas ao mesmo muita sofisticação, o que diferenciava enormemente das outras séries de até então. A música de abertura e de encerramento foram compostas e executadas por Mancini, que chegou a ganhar o Prêmio Emmy e dois Grammys com essas músicas. 

 

Foto - Peter Gunn com Peter Strauss

 

Após duas temporadas, a NBC, passou a reprisar os episódios e Edwards também reavivou para outras mídias. Foram liberados um romance e uma revista em quadrinhos na década de 60, um filme de longa-metragem foi feito em 1967 e em 1989, a ABC chegou a apresentar um episódio piloto estrelado por Peter Strauss, mas não obteve êxito e foi cancelado.

 

 

Craig Stevens nasceu como Gail Shikles, Jr. no dia 8 de julho de 1918, em Liberty, Missouri, Estados Unidos e estudou odontologia na University of Missouri-Kansas City, onde se formou em 1936. Começou participando de peças de teatro na universidade, que o levou a uma audição em Hollywood. Adotou o nome de Craig Stevens e fez sua estréia no cinema em 1939, interpretando papéis secundários em alguns filmes. 

 

 

Em 1944 casou-se com a atriz canadense Alexis Smith com quem viveu toda sua vida. Depois de fazer muitos filmes durante vários anos, sem grande destaque, alcançou a fama internacional ao interpretar o personagem Peter Gunn, na série de televisão de mesmo nome, produzido por Blake 

Edwards.

 

 

Depois do encerramento da série continuou a participar de outros seriados e filmes, e na década de 60 foi para Londres Inglaterra, a chamado do todo poderoso da ITV, Lew Grade, para desempenhar o papel principal na série de televisão “Man of the World”. 

 

 

Depois do encerramento da série voltou para os Estados Unidos e passou a atuar em outras produções americanas. Craig Stevens morreu no dia 10 de maio de 2000, aos 81 anos de idade, em Los Angeles, Califórnia.

 

 

Lola Albright nasceu como Jean Lola Albright no dia 20 de julho de 1924, em Ohio, Estados Unidos e iniciou sua carreira como modelo antes de se mudar para Hollywood. Iniciou no cinema em pequenos papéis secundários no final da década de 40, até ter seu primeiro destaque importante em 1949 no filme “Champion”. Depois continuou a participar em diversos filmes, incluindo “B” Westerns e também como convidada em várias séries de televisão.

 

 

Em 1958, chegou a fama internacional participando da série de televisão Peter Gunn, ao lado de Craig Stevens. Em 1959 foi indicada para um Emmy Award como Melhor Atriz Coadjuvante numa Série Dramática. Produziu seu primeiro álbum musical “Lola Wants You” em 1957 e “Dreamsville” em 1959, com acompanhamentos de Henry Mancini e sua orquestra.

 

fonte: http://www.life.com/image/2835944

 

A sua popularidade e beleza a fizeram contracenar com atores importantes, como Alain Delon, Kirk Douglas e até com Elvis Presley em 1962, no filme “Kid Galahad”. Em 1966 ganhou o prêmio Silver Bear for Best Actress por seu desempenho em “Lord Love a Duck”, no 16º Festival Internacional de Berlim. Substitiu temporariamente Doroty Malone no papel de Constança Mackenzie na polêmica série de televisão Peyton Place e continuou a participar de televisão e cinema até sua aposentaria no início dos anos 80.

 

 

Lola Albright foi casada três vezes. O seu primeiro marido é desconhecido, mas o seu segundo foi o ator Jack Carson com quem esteve casada entre 1951 a 1958. Depois do divórcio, casou-se pela terceira vez com o ator Bill Chadney, com quem ficou casada entre 1960 a 1975. Apesar dos três casamentos ela não tem filhos.

 

 

Herschel Bernardi nasceu no dia 30 de outubro de 1923, na Cidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos, praticamente no palco de um teatro iídche onde sua família atuava. Na década de 30 começou a aparecer em alguns filmes iídice e também em outros tipos de filmes americanos.

 

 

Ficou muito conhecido por suas atuações em diversos filmes, mas também atuou em diversas séries de televisão incluindo “Harbor Command”, “The Eleventh Hour”, “Slade Tropper” e “Peter Gunn”, entre outros, além de ser protagonista de seu próprio sitcom pela CBS, de grande sucesso chamado Arnie.

 

 

Durante a década de 50 foi incluído na lista negra juntamente com outros diversos artistas, roteiristas e diretores. Em 1976 se destacou enormemente em filmes como “Irma La Douce, Love with the Proper Strangers, e em “The Front”.

 

 

Também se destacou emprestando sua voz para centenas de filmes, comerciais e desenhos animados, e também como cantor fez sucesso com duas músicas que chegaram as paradas de sucesso “If I Were a Rich Man”, em 1967 e “Pencil Marks on the Wall” em 1971. Hershcel Bernardi morreu em Los Angeles, Califórnia, no dia 9 de maio de 1986, aos 63 anos de idade.

 

Partes:  01   |   02   |   03   |   04   |   05   |   Index

 

 


 



 

tvsinopse.

kinghost.net