tvsinopse.

kinghost.net

 






 


The Protectors - Os Protetores - Parte 1


 

 

The Protectors ou Os Protetores foi uma série de TV inglesa criado por Gerry Anderson produzido para Lew Grade´s ITC Entertainment e apresentado originalmente pela ITV, na Inglaterra, entre 7 de julho de 1972 à 1 de fevereiro de 1974, num total de 52 episódios de 25 minutos aproximadamente.

 

 

 No Brasil esta série foi apresentada pela Rede Globo na década de 70. A série foi  patrocinada por Lew Grade e John Barry da Fabergé, uma grande companhia de perfume, que na época tinha a intenção de injetar uma quantia generosa de dinheiro numa boa produção. 

 

 

Ao saber disso, rapidamente Gerry Anderson e Reg Hill desenvolveram uma série baseada no conceito de uma fraternidade de detetives particulares enviados para uma base norte-americana em Londres.

 

 

A história mostrava três detetives internacionais privados, que pertenciam a uma organização chamada The Protectors (Os Protetores). O formato da série permitia que pudessem ocorrer episódios ocasionais na qual nem todos os atores apareceriam, incluindo um episódio em que o personagem principal encontra-se ausente. 

 

 

Por razões não explicadas no espetáculo, todos os personagens eram muito ricos e utilizavam carros estritamente exóticos como o Citroën SN e Jensen Interceptor. A música tema utilizada para série "Avenues and Alleyways" fez muito sucesso depois com Tony Christie e que foi utilizada novamente por Christie em 2000, como parte da trilha sonora do filme Love, Honour and Obey. 

 

 

Os episódios se caracterizavam pelo aparecimento freqüente de atores convidados proeminentes. The Protectors era também filmada em locais exóticos ao longo da Europa, como Salzburgo, Roma e Paris. Alguns críticos afirmam que esses locais eram utilizados como uma desculpa para os enredos fracos utilizados na série.

 

 

 

Alguns atores foram pesquisados para interpretar o papel principal, entre eles estavam Paul Burke, Chuck Connors, Robert Culp, William Shatner e Ben Gazzara, entre outros. Mas antes que alguém chegasse a um acordo, Lew Grade telefonou para Gerry Anderson dizendo que já havia assinado contrato com o ator Robert Vaughan, que havia feito muito sucesso com a série 

 

 

O Agente da UNCLE. Gerry também já tinha se adiantado e contratado o segundo ator, que era Tony Anholt para fazer o segundo detetive. Algumas semanas depois do contrato de Anholt, Gerry recebeu a notícia de Lew Grade de que ele havia fechado contrato com a atriz, que havia feito muito sucesso na série "The Forsyte Saga" para a BBC, Nyree Dawn Porter, para ela fazer o segundo personagem, o que forçou Gerry a reescrever todo o roteiro novamente. 

 

 

Desta forma, The Protectors foram estrelados por Robert Vaughn como Harry Rule, Nyree Dawn Porter como a Condessa Caroline di Contini e Tony Anholt que passou a interpretar o personagem Paul Buchet. Pouco tempo depois saia na imprensa, a sinopse publicitária da série onde se dizia, que The Protectors era uma organização que existia para protegê-los do perigo e que os seus super agentes eram os melhores detetives do mundo. 

 

 

Que todo "Protector" mantinha boas relações e comunicação entre eles e por isso podiam utilizar a inteligência coletivamente e as habilidades em redes internacionais. The Protectors era uma organização privada e irrestrita de detalhes técnicos e podiam penetrar sem dificuldade burocrática legal em qualquer lugar ou fronteiras internacionais.

 

 

 

Seus métodos não eram convencionais, nem relação aos perigos. Dinheiro não era problema para eles, apesar deles serem caros e por isso só podiam ser chamadas por ricos indivíduos privados ou por grupos poderosos. Além de suas habilidades individuais e coletivas, eles também contavam com os mais modernos dispositivos científicos. 

 

 

A série mostrava predominantemente dois personagens principais, Harry Rule que vivia numa mansão em algum lugar de Londres e a Condessa Caroline di Contini, além de um playboy, aparentemente francês, chamado Buchet que aparecia regularmente no curso da primeira temporada. Outros personagens que também apareciam regularmente incluíam Chino, o chofer e uma expert em karatê chamada Suki.

 

 

Anderson enfrentou sérios problemas ao trabalhar com Robert Vaughn, que constantemente confessava a ele que não gostava da série e de sua permanência na Inglaterra. Antes mesmo de a série ser apresentada ao público, o New York Times publicou uma reportagem dizendo, que os técnicos europeus não sabiam lidar com um ator do gabarito de Vaughn e nem sabiam o que estavam fazendo. 

 

 

A coisa ficou mais complicada quando Anderson ameaçou processar Robert Vaughn, quando ele anunciou que ele iria à Califórnia e deixar para depois as filmagens. Felizmente ambos chegaram num acordo e puderam resolver suas diferenças, mas conta-se que eles nunca se tornaram amigos do peito, realmente um do outro.

 

 

Apesar dos pesares, The Protectors se tornou uma das séries de televisão mais prósperas, depois de Thunderbirds e também para Robert Vaughn, depois de O Agente da UNCLE. Uma segunda temporada foi comissionada e muitas estrelas foram convidadas a fazer participações especiais como Ed Bishop, Shane Rimmer, Stéphanie Beacham, Patrick Troughton, entre outros. 

 

 

Uma terceira temporada havia sido planejada, mas ela teve de ser cancelada porque John Barry da Fabergé e Lew Grade não quiseram continuar o projeto e assim Gerry começou a trabalhar no novo projeto que se tornou a série Space: 1999.

 

Partes:  01   |   02   |   03   |   Index

 

 


 



 

tvsinopse.

kinghost.net