tvsinopse.

kinghost.net

 







 


Scooby Doo - Parte 1


 

 

Scooby Doo é um desenho animado criado através da Hanna-Barbera Productions, no final da década de 60, que narrava um grupo de adolescentes formado por Fred, Velma, Daphne, Salsicha e um cão chamado Scooby-Doo, que adoravam visitar lugares e investigar casos misteriosos, virando detetives juvenis e se metendo em todos os tipos de perigos e em lugares assombrosos.

 

 

Só quem não gostava naturalmente desta história eram os personagens Salsicha e Scooby-Doo que eram dois medrosos, que não pensavam em outra coisa senão em comida. Geralmente todo episódio começava com eles chegando a um lugarejo qualquer, com seu furgão todo psicodélico e pouco tempo depois começavam a acontecer coisas estranhas neste local e desta forma, o grupo partiam para investigarem esses mistérios.

 

 

Depois de muitas perseguições, com Salsicha e Scooby, geralmente metidos em algum tipo de encrenca, muitos corres-corres e surgimento de monstros ou fantasma, quando toda a coisa acabava sendo desvendada e normalmente se tratava de alguma fraude tramada por alguém do local para tirar algum tipo de vantagem ou proveito daquela situação.

 

 

Scooby-Doo era o nome carinhoso dado pelos seus amigos a um cachorro muito medroso chamado Scoobert-Doo, mas que era sempre levado na conversa durante uma investigação misteriosa, com a promessa de recompensa com um bom lanche, biscoitos e outras guloseimas e que tinha um bordão muito famoso “Scooby-Dooby-Doo-oo-oo!!!”.

 

 

Seu amigo mais querido era um sujeito também muito medroso chamado Norville, mas normalmente chamado pelos seus amigos de Salsicha. Ele era alto e bem magro, desleixado e com um cavanhaque a ser feita, muito covarde, sempre faminto e com um pavor fenomenal por fantasmas e afins. Salsicha e Scooby faziam a dupla cômica do espetáculo.

 

 

Fred Jones era o nome do líder do grupo, o galã do espetáculo, um garotão corajoso e inteligente, com um gosto especial por casos misteriosos. Curioso por natureza criava diversas engenhocas para enfrentar os vilões e geralmente tomava as primeiras medidas para o envolvimento e desvendamento de um caso.

 

 

Se o galã da turma era o Fred, provavelmente a gatinha do grupo era sem sombra a Daphne Blake, uma mocinha muito bonita, ao estilo de uma “patricinha”, mas muito corajosa e pronta para desvendar qualquer caso mais complicado e estranho. Geralmente acabava sendo a vítima preferida dos vilões que muitas vezes a raptavam. Daphne e Fred aparentemente eram namorados, mas isso nunca era muito bem explicado.

 

 

E, finalmente a Velma Dinkley, a típica garotinha feia, de óculos, porém a mais inteligente e perspicaz da turma, cheia de coragem e uma boa analista, que geralmente acabava por desvendar o mistério do episódio presente. Sempre questionava todas as pistas, mesmo naqueles pequenos detalhes que quase ninguém prestava atenção.

 

 

Com o decorrer dos episódios e também das diversas versões que foram surgindo ao longo do tempo, muitos outros personagens foram sendo criados, alguns incorporados em algumas versões e outras que só apareceram durante algum tempo e depois simplesmente desapareciam. Outras, no entanto acabavam por ter sua própria série, depois de uma breve participação juntamente com a turma de Scooby-Doo.

 

 

As histórias de Scooby-Doo e sua turma foram utilizadas para diversas séries de animação e permanecem até os dias de hoje. Na realidade ela começou a ser planejada quando a CBS solicitou a produtora Hanna-Barbera um novo desenho para sua grade de programação.

 

 

Desta forma reuniram-se os produtores William Hanna e Joseph Barbera; o executivo da CBS, na época, Fred Silverman; os roteiristas Joe Ruby e Ken Spears e o desenhista Iwao Takamoto, que é considerado por muitos autores, como o verdadeiro criador de Scooby-Doo, e assim começaram a planejar o novo projeto.

 

 

Silverman queria um desenho animado ao estilo de uma série de televisão que fazia muito sucesso na época chamada “Dobbie Gillis”, que misturava mistério envolto em divertidas situações, na forma de uma sitcom tipicamente norte-americana.

 

 

Dizem que as primeiras tentativas não foram do agrado de Silverman que rejeitou quase todos os projetos iniciais por achar que eles eram demasiadamente assustadoras, principalmente às crianças. Mas, com o decorrer do tempo chegaram a um bom termo entre a Hanna-Barbera e Silverman e o desenho começou a ser desenvolvido para um novo seriado de televisão.

 

 

O segundo passo foi acertar um nome adequado para a animação e segundo dizem o nome escolhido inicialmente foi “Who´s Sssscared?”, mas, ao que parece, Silverman não gostou realmente dos nomes até então imaginados. Então, dizem que um fato inusitado aconteceu, quando Silverman estava num vôo para Los Angeles e escutou uma canção de Frank Sinatra chamada “Strangers in the Night”, principalmente no trecho “dooby dooby dôo”, que ficou tilintando na cabeça dele.

 

 

Mais tarde, Silverman contou sobre a música de Sinatra para os outros membros ligados à série e assim nasceu “Scooby-Doo, Where Are You!”, que teve sua estréia nos Estados Unidos, pela rede CBS, no dia 13 de setembro de 1969 até 1970, onde foram produzidos 17 episódios. Depois entre 1970 a 1971, mais oito episódios novos foram apresentados, totalizando 25 episódios, de aproximadamente 30 minutos cada.

 

Partes:  01  |  02  |  03  |  04  |  05  |  06  |  07  |  08  |  09  |  10  |

 

11  |  12  |  13  |  14  |  15  |  16  |  17  |  Index

 

 


 



 

tvsinopse.

kinghost.net