tvsinopse.

kinghost.net

 







 


Se Meu Bug Falasse - Wonderbug - Parte 1


 

 

Wonderbug era uma série de televisão, produzida pela dupla Sid and Marty Krofft, que no Brasil recebeu o nome de Se Meu Bug Falasse, devido ao grande sucesso que um filme chamado "Se meu Fusca Falasse", uma comédia da Disney, que estava sendo apresentado naquela época.

 

 

A primeira temporada foi apresentada normalmente pela rede ABC e a segunda temporada foram exibidos dentro do programa Krofft Supershow, que era também apresentada pela rede ABC, dividindo sua participação com outras séries como Dr. Encolhedor, Mulher Elétrica e a Garoto Dínamo, entre outros.

 

 

Originalmente Wonderbug era o alter ego de "Schlepcar", uma lata velha, um bug todo sujo, com duas rodas utilizados em dunas de areia todo enferrujado, que ficava amontoado num conglomerado de carros jogados fora e sem utilidade.

 

 

 Numa certa tarde, três jovens adolescentes, Barry Buntrock, C.C. McNamara e Susan Talbot, todos doidos para terem seu primeiro carro, encontraram o velho bug abandonado e resolveram comprá-lo, já que ele custava o preço de uma banana.

 

 

Com a sobra do dinheiro, os três resolveram arrumar todo o bug que se encontrava num estado lastimável e assim aos poucos o bug começa a ser incrementado e ficar com a cara de um verdadeiro carro. Pintam o carro de laranja brilhante, colocaram um farol articulado parecendo um globo ocular, um pára-choque que parecia uma boca (muitas vezes esses pára-choques foram utilizados de várias maneiras para dar diferentes expressões faciais), entre outras coisas.

 

 

Uma das peças colocadas no bug, uma velha buzina de calhambeque encontrada por Susan, que pertencia a um velho circo, era possuidora de grandes poderes mágicos. Num dado momento, os três acabam levando um tremendo susto quando ao tocar o novo bug, descobrem os tais poderes, inclusive voar e assim ajudar os três adolescentes a capturar trapaceiros e prevenir o mal.

 

 

Para dar a impressão do bug falar, muitos outros materiais foram empregados para dar as diversas expressões ao carro falante, como, por exemplo, quando resmungava, uma borracha extra semelhante a uma boca era muitas vezes utilizada.

 

 

O espaço do assento traseiro do passageiro que normalmente contem os bancos, tinha uma caixa denominada de "the costume trunk", que na realidade servia para esconder um motorista em cenas nas quais o carro andava sozinho. O carro também tinha uma antena de rádio bem comprida que às vezes serviam com garras.

 

Partes:  01   |   02   |   03   |   04   |   Index

 

 


 



 

tvsinopse.

kinghost.net