tvsinopse.

kinghost.net

 







 


Serpico - Parte 1


 

 

Serpico foi uma série de televisão do gênero ação, aventura e drama policial baseado num livro escrito por Peter Maas, de mesmo nome, sobre a vida real de Francisco Vincent Serpico (Frank Serpico), nascido em 14 de abril de 1936, no Brooklyn, filho menor de imigrantes italianos da cidade de Marigliano, na Província de Nápoles, na Itália.

 

 

Seus pais se chamavam Vincenzo e Maria Giovanna Serpico e com a idade de 18 anos se alistou no Exército dos Estados Unidos e depois passou dois anos na Coréia do Sul. Ao retornar começou a trabalhar como investigador particular por meio período e também com conselheiro da mocidade enquanto freqüentava a Faculdade de Brooklyn.

 

 

Em 1959, Frank Serpico entrou para a Polícia Distrital de Nova Iorque (NYPD) e lá trabalhou como um guarda da cidade, um trabalho no qual ele ficaria por doze anos, até por volta de 1960 e gradativamente ao longo desse tempo foi subindo de posto. Depois passou a trabalhar para a “Bureau of Criminal Identification” (BCI) por dois anos fazendo trabalhos de arquivamento digitais.

 

 

Depois foi nomeado para outro cargo quando começou a descobrir extorções e muita corrupção dentro da própria policia. Não temendo sua própria segurança, Serpico expôs provas e evidências de toda a corrupção vigente, juntamente com David Durk que o também o ajudou na luta contra a corrupção.

 

 

Serpico acreditava que os seus companheiros de mesma categoria que ele, também conheciam as reuniões secretas que aconteciam com os investigadores da polícia e desta forma no dia 25 de abril de 1970, contou todas as falcatruas para o jornal New York Times, que estampou a história em primeira página, forçando o então prefeito John V. Lindsay a entrar em ação designando cinco investigadores especiais para verificar toda a corrupção.

 

 

Todo o caso acabou sendo resolvido pouco tempo depois. No dia 3 de maio de 1971, a revista New York Metro Magazine publicou um artigo sobre Serpico intitulado “Retrato de um Policial Honesto”. No dia 10 de maio de 1971, Serpico testemunhou à tentativa de um tenente do departamento da NYPD que foi acusado por ganhar subornos.

 

 

No dia 14 de maio de 1971, Serpico foi colocado no serviço de proteção especial pelo comissário de polícia e também recebeu uma promoção para detetive. Mais tarde, por volta de 1980, retornou novamente a cidade de Nova Iorque. Atualmente ele reside nas montanhas do Estado de Nova Iorque, onde recebe estudantes e faz palestras nas universidades e academias de polícia compartilhando sua experiência de policial e tentando passar para os outros.

 

 

A vida de Serpico acabou virando um livro escrito por Peter Maas, que vendeu mais de três milhões de cópias. Em 1973, baseado neste mesmo livro, a história de Frank Serpico chegou ao cinema, com direção de Sidney Lumet, narrando a vida do policial, protagonizado por Al Pacino, que chegou a ser indicado ao Oscar como melhor ator principal e também indicado na categoria de melhor roteiro adaptado.

 

 

Pouco tempo depois, Frank Serpico se tornou também um personagem de um seriado de televisão, criado por Robert E. Collins, estrelado por David Birney como Detetive Frank Serpico e apresentado originalmente nos Estados Unidos pela rede NBC, entre 24 de setembro de 1976 a 28 de janeiro de 1977, num total de 15 episódios, de aproximadamente 60 minutos cada e no Brasil exibido pela Rede Record.

 

Partes:   01   |   02   |   03   |   04   |   Index

 

 


 



 

tvsinopse.

kinghost.net