tvsinopse.

kinghost.net

 







 


Speed Racer - Parte 1


 

 

Speed Racer foi um desenho animado japonês de televisão que surgiu inicialmente como uma publicação de um mangá, denominado Mahha GoGoGo, também conhecido por Mach GoGoGo, criado por Tatsuo Yoshida, do gênero ação, corrida e shonen, que acabou fazendo um grande sucesso no Japão.

 

 

O mangá Mach Go Go Go foi publicada no Japão a partir de junho de 1966, pela Sun Publishing e permaneceu até maio de 1968 e teve como base um outro mangá anterior de Tatsuo denominado “Pilot Ace”, que também falava sobre um carro e seus personagens eram também bastante semelhantes.

 

 

Tatsuo Yoshida nasceu no dia 6 de março de 1932, em Kyoto, Japão e é considerado como um dos pioneiros dos animes japoneses e cresceu como toda criança da época, com muitas dificuldades principalmente antes da guerra.

 

 

Tatsuo era o irmão mais velho e cuidava dos outros dois, enquanto seus pais trabalhavam fora. Desde criança tinha uma grande facilidade para o desenho e nunca freqüentou uma escola para poder desenvolver suas aptidões. Conseguiu publicar seus primeiros trabalhos num jornal local na cidade de Kyoto.

Depois veio para Tóquio e passou a trabalhar em vários estúdios e com isso ter contato com vários outros artistas do mangá de renome e aos poucos começou a construir seu próprio nome dentro desta arte.

 

 

Pouco tempo depois, com o sucesso alcançado pelos seus mangás, Tatsuo chamou seus irmãos para também vir trabalhar em Tóquio e em 1962, juntos Tatsuo e seus irmãos Kenji e Toyoharu fundaram o estúdio Tatsunoko e assim passaram a produzir animes para a televisão.

 

 

Como era moda na época transpor para os animes sucessos de mangá, como aconteceu com outros como Astro Boy e Gigantor e o Oitavo Homem, Yoshida resolveu também aderir a essa tendência.

 

 

Para isso, Tatsuo, que já havia concebido o Mach Go Go Go inicialmente como um cartoon, se viu obrigado em primeiro lugar a publicar a sua história como um mangá e depois fazer a ligação dele com o anime. Essa fórmula funcionou corretamente, pois o mangá acabou sendo muito bem recebido pelo público.

 

 

Depois fez com que a Tatsunoko criasse uma parceria com uma agência chamada Yomiko Productions que serviria como uma agência para se criar uma pré-produção com a Channel 4, mais conhecida por Nippon TV, em 1966.

 

 

Pouco tempo depois quando os estudos da pré-produção estava em andamento, a agência refez o acordo com o canal 8, TV Fuji, que concordaram em pagar um valor adequado pelo espetáculo.

 

 

 

O anime Mach Go Go Go foi apresentada originalmente no Japão, pela TV Fuji, entre 2 de abril de 1967 a 3 de março de 1968, num total de 52 episódios, mas o anime não foi se revelou ser um grande sucesso, como muitos imaginam, mas conseguiu um número suficiente de espectadores, principalmente tendo em vista que naquela época haviam poucos desenhos animados no ar.

 

 

Por outro lado, o anime representou um grande negócio na forma de brinquedo chegando na segunda colocação de vendagem na época, somente perdendo apenas para o modelo Ford Thunderbird, que era a coqueluche do momento.

 

 

Pouco tempo depois em 1967, a Trans-Lux Corporation, uma produtora de Nova Iorque comprou os direitos apostando no potencial do anime para as audiências nos Estados Unidos.

 

 

Depois contatou a Zavela-Riss para re-editar o espetáculo, que por sua vez contrataram Peter Fernandez, que ficou encarregado de “americanizar” a série. Peter traduziu os roteiros para o inglês, assim como mudou o nome dos personagens, títulos dos episódios, entre outras coisas, nascendo assim a série Speed Racer.

 

 

Para baratear ainda mais os custos, Peter Fernandez conseguiu contratar apenas três pessoas para vocalizar a série, além dele próprio. Assim Jack Grimes, Corinne Orr, Jack Curtis e Peter Fernandez ficou sendo o quarteto encarregado das vozes de todos os personagens da série.

 

 

A trilha sonora recebeu uma versão inglesa baseada na original japonesa composta por Nobuyoshi Koshibe, cujas letras foram escritas por Tatsuo Yoshida e Akira Ito.

 

 

Nos Estados Unidos o próprio Peter Fernandez pessoalmente escreveu a letra da nova canção tema de Speed Racer e gravada por Danny Davis and the Nashiville Brass, em 1967, mantendo a linha musical melódica original japonesa.

 

 

Também foram suprimidas várias cenas consideradas violentas ou com contendo cenas tidas de mau gosto pelos ocidentais, como bolhas de meleca que saíam do nariz do garoto Gorducho enquanto ele dormia, entre outras.

 

 

A produção norte-americana teve início em agosto de 1966 e os primeiros 13 episódios ficaram prontos em novembro deste mesmo ano. Pouco tempo depois em 23 de setembro de 1967, a recém Speed Racer chegava aos lares americanos em syndication, tornando-se com o decorrer do tempo um fenômeno da cultura pop norte-americana.

 

 

Tatsuo Yoshida morreu no dia 5 de setembro de 1977 de câncer hepático e seu irmão mais novo Kenji assumiu a posição de Tatsuo como produtor e em companhia de outro irmão Toyoharu, que acabaram por construir e edificar o estúdio Tatsunoko como uma das mais respeitadas produtoras japonesas.

 

Partes:  01  |  02  |  03  |  04  |  05  |  06  |  07  |  08  |  09  |  10  |  11  |  12  |  Index

 

 


 



 

tvsinopse.

kinghost.net