tvsinopse.

kinghost.net

 







 


Walker, Texas Ranger - Parte 1


 

 

Walker, Texas Ranger era uma série de TV norte-americana criados por Lesie Grief e Paul Haggis, uma mistura de drama, western, ação policial e aventura, apresentado originalmente nos Estados Unidos, pela rede CBS, entre 21 de abril de 1993 a 19 de maio de 2001, num total de 203 episódios, de aproximadamente 42 minutos cada, em 8 temporadas. No Brasil esta série foi exibida pela Rede21, mais ou menos por essa mesma época.

 

 

O espetáculo ficou muito conhecido pelos valores morais que eram pregados na série, como por exemplo, quando em um dos episódios alguns sujeitos são presos pelo uso de drogas e depois são convidados a participarem em serviço comunitário.

 

 

Também eram mostradas artes marciais como uma ferramenta básica para execução de uma lei. A série tinha essa atração à parte, em grande parte devido a sua estrela principal e protagonista Chuck Norris, profundo praticante e conhecedor das artes marciais.

 

 

A série foi inicialmente desenvolvida pelo produtor executivo Derek Broostad e pelo produtor de supervisionamento J. Michael Straczynski, quando a série ainda estava sendo produzida através da Canon Television. Depois Straczynski passou a ficar ocupado com outra série Babylon 5 e então, Moessinger acabou por desenvolver o resto do espetáculo.

 

 

A série era centrada no oficial Cordell Walker, interpretado Chuck Norris, numa base de Rangers (uma espécie guarda-florestal) em Dallas, Texas, que funcionava como um setor de investigação. Era um homem de poucas palavras e movimentos rápidos. O oficial Walker fora criado pelo tio paterno, um índio chamado Ray Firewalker.

 

 

Havia também servido numa força especial da Marinha na Guerra do Vietnã e possuía os valores éticos e morais comuns aos xerifes do Wild West (Velho Oeste). Num dos episódios é revelado que Walker era noivo, mas ela acabou sendo morta, por um sujeito suspeito de uma investigação.

 

 

Walker tinha como amigo e companheiro James "Jimmy" Trivette, interpretado por Clarence Gilyard. Jimmy cresceu em Baltimore e jogou futebol americano para pagar a sua faculdade, mas teve que largar o esporte quando machucou seu ombro. Ele costumava trabalhar no escritório usando computadores e telefones celulares para obter informações das pessoas a serem levados em custódia.

 

 

Era um sujeito com um alto QI e que abordava a criminologia usando a psicologia popular. Jimmy e Walker, definitivamente não se combinavam, mas conseguiam manter o controle dos criminosos. O conflito entre os dois transformava o espetáculo numa das duplas mais interessantes já reunidas na televisão.

 

 

 

A série também enfatizava bastante a ação, mas também apostava no humor leve e no desenvolvimento da camaradagem entre Walker e Trivette, à medida que cada um tentava fazer a justiça a seu modo. Enquanto Walker confia mais no seu instinto para resolver os crimes, Jimmy preferia praticar a abordagem científica mais avançada, que aprendeu na faculdade de criminologia.

 

Partes:   01     02     03     Index

 

 


 



 

tvsinopse.

kinghost.net