tvsinopse.

kinghost.net

 







 


Xena: Warrior Princess - Parte 1


 

 

Xena: Warrior Princess era uma série que mistura ação, aventura, drama, fantasia, mitologia e coisas sobrenaturais focalizados na Grécia antiga, com personagens de outros tempos. O espetáculo narra as aventuras de uma ex-assassina conhecida como Xena, que para compensar seu passado violento, procura se redimir, lutando contra as injustiças e os malfeitores durante suas viagens.

 

 

O seriado mostrava de maneira livre, diversas mitologias universais, principalmente as gregas e adaptando-as ao enredo da série, fazendo com que diferentes figuras histórias/mitológicas e eventos de diferentes épocas acabassem se misturando criando um ar misterioso e fantasioso, mas contadas de uma maneira lógica e sem conflitos.

 

 

O espetáculo foi uma co-produção entre Estados Unidos e Nova Zelândia, criado por Robert Tapert e John Schulian e produzida pela Pacific Renaissance Picture Ltd. em parceira com a Universal Studios.

 

 

O seriado foi distribuído para o mercado exterior através da MCA International, para mais de 108 países e rapidamente se tornou uma das séries de maior sucesso da televisão, gerando várias seqüências como histórias em quadrinhos, videogames, livros, filmes e toda uma gama de quinquilharias e brinquedos.

 

 

A série procurava discutir temas como violência, preconceito e amizade, também contava com uma variedade grande de personagens que aparecem como seus aliados como Joxer, Salmoneus, Virgil e inimigos como Ares, Alti e Calisto, entre outros.

 

 

O espetáculo foi locado na Nova Zelâdia, apresentado originalmente nos Estados Unidos, em syndication e também pela USA Network, entre 4 de setembro de 1995 a 29 de junho de 2001, num total de 134 episódios (mais 3 pilotos), com duração de aproximadamente 42 minutos cada, em seis temporadas. No Brasil foi apresentado pelo SBT, com o título de Xena A Princesa Guerreira, com grande sucesso.

 

 

O espetáculo é originário de um outro seriado famoso denominado “Hercules: The Legendary Journeys”, onde a personagem Xena apareceu durante três episódios. Nos dois primeiros ela aparecia como uma vilã contra Hercules e na terceira participação ela acaba se unindo a Hercules para derrotar um inimigo em comum.

 

 

Nesta mesma terceira participação, a personagem Xena estava programada para ser morta, mas os executivos mudaram rapidamente de idéia quando perceberam que Xena tinha um potencial muito grande e agradou o público de uma maneira cativante. Em vista disso, os roteiristas mudaram o texto rapidamente e o produtor Robert Tapert teve a feliz idéia de transformar a personagem também num seriado semanal.

 

 

O espetáculo começou com uma produção modesta e com o passar das temporadas, em vista do aumento de sua popularidade e audiência, teve seus investimentos melhorados expressivamente, dispondo dos melhores efeitos visuais, participação de importantes atores norte-americanos e canadenses e também contando com as melhores equipes técnicas.

 

 

A série seguia um modelo de abertura quase padronizada, com exceção da última temporada, onde as cenas eram compostas por diversos segmentos da própria série, tendo ao fundo a música tema e também em combinação com uma locução que dizia: “In a time of ancient gods, ... warlords, .... and kings,.... a land in turmoil cried out for a hero. She was Xena, .... a mighty princess, forged in the heat of battle. The Power The Passion. The Danger. Her courage will change the world.

 

 

Curiosamente para protagonizar a personagem Xena, os produtores haviam escolhido a atriz norte-americana Vanessa Angel e para a companheira Gabrielle, a atriz Sunny Doench, porém como nenhuma das duas estavam disponíveis no momento, foi chamada a atriz neozelandela Lucy Lawless para o papel de Xena e a americana Renée O´Connor, como Gabrielle.

 

 

Com o decorrer dos episódios muitos outros personagens começaram a participar mais ativamente do espetáculo, como foi o caso do ator Ted Raimi, que interpretou o personagem Joxer, que praticamente formou um trio principal da série. Um grande número de atores teve uma participação efetiva no espetáculo tais como Tod Smith, Hudson Leick, Alexandra Tydings, Alison Wall, Brittney Powell e Michelle Ang, entre outros.

 

Partes:     01     02     03     04     05     06     Index

 

 


 



 

tvsinopse.

kinghost.net